Geddel Vieira Lima testa positivo para covid-19 em presídio de Salvador

coronavírus
08.07.2020, 19:17:00
Atualizado: 08.07.2020, 19:36:11
(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil/Arquivo)

Geddel Vieira Lima testa positivo para covid-19 em presídio de Salvador

Ex-ministro está no Complexo Penitenciário da capital baiana, em Mata Escura, desde dezembro de 2019

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O ex-ministro Geddel Vieira Lima, 61 anos, foi diagnosticado com a covid-19 nesta quarta-feira (8). O teste rápido foi feito no Complexo Penintenciário da Mata Escura e deu positivo a doença. Ele está detido no local desde dezembro de 2019, quando foi transferido do Presídio da Papuda, em Brasília.

O advogado de Geddel, Gamil Föppel, confirmou o resultado postivo ao G1, mas não deu detalhes do seu estado de saúde. Segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), já são 27 presos com covid-19 na Bahia.

Geddel Vieira Lima foi preso em setembro de 2017, após a Polícia Federal encontrar malas contendo R$ 51 milhões em um apartamento atribuído a ele na capital baiana.

No dia 26 de junho, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido dos advogados de Geddel para a progressão de pena para a prisão domiciliar. A defesa usou como argumento para a solicitação a pandemia de coronavírus.

Relator do processo, Fachin requeriu, em maio, informações sobre as condições e medidas de combate à covid-19 do Complexo Penitenciário. A Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia (Seap) respondeu que Geddel estava em cela individual, em bloco com capacidade para abrigar 16 internos, mas que só havia nove pessoas. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas