Geninho enxerga jogo ruim, mas elogia entrega do time contra CRB

e.c. vitória
12.11.2019, 22:09:00
Atualizado: 12.11.2019, 22:43:33
Geninho aprova determinação dos jogadores (Letícia Martins/EC Vitória)

Geninho enxerga jogo ruim, mas elogia entrega do time contra CRB

Treinador entende que situação salarial não diminuiu a garra dos atletas no empate por 2x2 no Barradão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Era de se imaginar qual seria a postura dos jogadores do Vitória após o protesto que realizaram na segunda-feira (11), véspera do jogo contra o CRB, reivindicando salários atrasados. Os atletas decidiram não concentrar antes do jogo que aconteceu na noite desta terça (12), no Barradão, pela 35ª rodada da Série B.

O que se viu no campo foi uma equipe muito aguerrida e que se entregou até o final da partida. Mesmo após ficar atrás no placar em duas oportunidades, o Vitória buscou o empate em 2x2.

Técnico do time, Geninho afirmou após o final da partida que os jogadores estavam determinados a fugir de vez da possibilidade de rebaixamento e que isso deixou a equipe nervosa, principalmente no primeiro tempo. "O jogo hoje foi atípico, o grupo sentiu muito, queria dar uma resposta, dar a classificação antecipada para o torcedor e tudo isso pode ter mexido com o emocional do grupo. Não foi um grande jogo, mas teve muita entrega e muita luta", analisou o treinador.

Geninho afirmou que as entradas de Eron e Felipe Gedoz melhoraram o time na segunda etapa. Eles substituíram, respectivamente, o lesionado Rodrigo Andrade e o atacante Felipe Garcia. Este último, por opção técnica.

O treinador declarou que Eron conseguiu "prender mais a bola e acionar Carleto na lateral e Anselmo Ramon pelo meio". Já Felipe Gedoz, além de marcar o primeiro gol, também cobrou a falta que originou o pênalti batido por Carleto no segundo gol.

O empate deixou o Vitória com 42 pontos. O rubro-negro ficou ainda mais cômodo na briga contra o rebaixamento, com sete pontos de vantagem para o Londrina, que perdeu do Criciúma por 2x0 e entrou no Z4, em 17º lugar.

Na sexta-feira (15), o Leão visita o América-MG, no Independência, em Belo Horizonte. Os outros jogos do time serão contra Operário-PR, também fora de casa, no dia 19, e Coritiba, dia 30, no Barradão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas