GLB, um Mercedes-Benz para sete pessoas

autos & etc
19.06.2021, 10:10:00

GLB, um Mercedes-Benz para sete pessoas

Confira nossas impressões sobre o SUV, conheça a versão 2022 da Honda CG e saiba quais eventos vão acontecer neste final de semana no Kartódromo Ayrton Senna

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Com espaço para acomodar até sete pessoas, o Mercedes GLC custa a partir de R$ 264.900 (Foto: Daimler)

Rodei nos últimos dias com o GLB, a proposta da Mercedes-Benz para um SUV de sete lugares, o único da marca nessa categoria no país. O conceito é interessante, pois o veículo não é tão grande, tem o porte de um Volkswagen Tiguan Allspace, por exemplo, e bastante tecnologia.

Algumas funções podem ser realizadas por meio de comandos de voz. Basta dizer "Oi, Mercedes", e solicitar abertura da persiana do teto solar, ajustar a temperatura do ar-condicionado ou mudar a estação de rádio. Há ainda equipamentos que auxiliam na condução, como assistente de frenagem, aviso de mudança involuntária de faixa e um sistema de estacionamento semi autônomo.

O quadro de instrumentos é totalmente digital e se integra com a tela da central multimídia
O quadro de instrumentos é totalmente digital e se integra com a tela da central multimídia
São 4,63 metros de comprimento, 2 m de largura e 1,66 m de altura
São 4,63 metros de comprimento, 2 m de largura e 1,66 m de altura
O teto solar do SUV é duplo é de série na versão Progressive
O teto solar do SUV é duplo é de série na versão Progressive
Com cinco assentos, o porta-malas tem espaço para 500 litros. Com sete, caí para 130 litros
Com cinco assentos, o porta-malas tem espaço para 500 litros. Com sete, caí para 130 litros

O utilitário é equipado exclusivamente com um propulsor 1.3 litro turbo a gasolina, que rende 163 cv de potência e 25,5 kgfm de torque. Ele é acoplado a uma transmissão automática de sete velocidades de dupla embreagem.
 
Pelo preço, o GLB merecia um motor mais possante, mas o 1.3 atende bem e é econômico em trânsito urbano: 9,7 km/l. Outro ponto que me incomoda em alguns modelos da Mercedes é o posicionamento da manopla de câmbio, que fica no lugar que é geralmente utilizado para o limpador de para-brisa.

Produzido no México, o veículo é oferecido duas versões Advance (R$ 264.900) e Progressive (R$ 290.900).

NOVO LÍDER
O atraso da produção do Onix, por falta de componentes eletrônicos, começa a ter efeitos e o hatch da Chevrolet perdeu a liderança entre os automóveis no acumulado do ano para o Hyundai HB20.

Entre janeiro e ontem, o Onix teve 40.319 unidades emplacadas e o HB20 chegou a 41.732 licenciamentos. No geral, incluindo picapes e vans, a liderança é da Fiat Strada que teve 57.195 emplacamentos no mesmo período.

O HB20 ultrapassou o Onix e se tornou o automóvel mais vendido no país em 2021 (Foto: Hyundai)

600 KM COM 30 LITROS
A Nissan dá mais um passo nos estudos para o desenvolvimento de um veículo movido a Célula de Combustível de Óxido Sólido (SOFC) que gera energia elétrica a partir da utilização do bioetanol.

A marca japonesa firmou um novo acordo com o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen) para tornar o modelo adequado para uso em possíveis projetos em escala comercial.

A utilização deste tipo de sistema, combinado com a eficiência dos motores elétricos e o sistema de bateria, garante uma autonomia superior a 600 km com somente 30 litros de etanol. 

A aposta da Nissan e do Ipen leva em consideração a ampla rede de abastecimento de bioetanol. Por isso, o Brasil tem sido peça-chave para o desenvolvimento e estudos de viabilidade do projeto que tem emissões tão limpas quanto a atmosfera.

Além disso, os automóveis movidos as Célula de Combustível oferecem a forte aceleração e a condução silenciosa de um veículo elétrico, juntamente com baixos custos de manutenção.


HONDA CG: 45 ANOS
Desde que a Honda começou a produzir a CG no Brasil, em 1976, mais de 13 milhões de unidades do modelo saíram das linhas de produção em Manaus. Para comemorar os 45 anos da motocicleta mais vendida no país, a Honda lançou a linha 2022, que tem novidades nas quatro versões da moto.

A CG 160 Start (que custa R$ 10.520) traz novo design na moldura do painel de instrumentos e na carenagem frontal, com três opções de cores. A CG 160 Fan (R$ 11.760) e a CG Cargo (R$ 11.900) também receberam nova moldura de painel, nova carenagem de farol e laterais do tanque redesenhadas interna e externamente.

A configuração mais prestigiada da linha, a CG 160 Titan (R$ 13.040), recebeu também uma nova moldura do painel, nova carenagem de farol e de laterais do tanque, exclusivas do modelo, além de rabeta com laterais redesenhadas.

 No mercado desde 1976, a CG é a motocicleta mais comercializada no mercado nacional (Foto: Honda)

BOAS INTENÇÕES
De acordo com dados do Mercado Livre, a intenção de compra de veículos novos registrou um incremento de 81% no primeiro trimestre de 2021, comparado ao mesmo período de 2020.

Também houve aumento de 30% em relação aos últimos três meses do ano passado. Os modelos que mais receberam contatos de possíveis compradores foram: Chevrolet Onix, Fiat Strada e Hyundai HB20.

No mercado de usados, o número de contatos interessados na compra no início de 2021 aumentou 22%, em relação à mesma temporada no ano passado. Os mais buscados foram Chevrolet Celta, Honda Civic, Toyota Corolla e Volkswagen Gol.

VELOCIDADE NA PISTA
Neste sábado, o Kartódromo Ayrton Senna, em Lauro de Freitas, vai sediar a segunda etapa do Campeonato Baiano de Kart 2021, que tem patrocínio master da Larco. As arquibancadas não estarão abertas ao público, que poderá acompanhar, a partir das 11h, as disputas pelo YouTube da Associação Baiana de Kart (ABK).

Antes, às 10h50, haverá uma apresentação dos cadetes, categoria infantil da modalidade. Entre os aspirantes a piloto estão Eduardo Rosário, Luiz Felipe Moreira e Marquinho Barral, que são orientados pelo piloto Diego Freitas.

Jovens pilotos farão apresentação antes da abertura da segunda etapa do Campeonato Baiano de Kart (Foto: Divulgação)

HOT LAP, PRIMEIRA EDIÇÃO
No domingo é a vez dos carros na pista, na primeira edição do Hot Lap - The Challenge, uma iniciativa da F2 Eventos Esportivos. Nessa prova, cada piloto busca fazer sua melhor volta, em uma pista de kart, travada.

É o piloto contra o relógio, um carro por vez na pista. “Os pilotos estão realmente muito empolgados com a pilotagem técnica exigida pela pista travada do kartódromo”, revelou João Gonçalves Filho, um dos organizadores do evento, que tem patrocínio da Haus, concessionária das marcas BMW e MINI.

14 carros estarão na disputa, de veteranos Peugeot 106 e Ford Ka, até hot hatches como Renault Sandero R.S. e Citroën DS. Também estão inscritos um Volkswagen Tiguan e BMW 240 e 135. Com a pandemia não será possível acompanhar no local, mas o YouTube da ABK fará a transmissão ao vivo.

A disputa volta à volta será realizada no domingo (Foto: Antônio Meira Jr./CORREIO)


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048