Goleiro Ronaldo é vetado do jogo do Vitória contra o Ceará

e.c. vitória
11.03.2020, 14:33:00
Atualizado: 11.03.2020, 16:05:37
Ronaldo sentiu dor muscular e não enfrentará o Ceará (Foto: Letícia Martins/EC Vitória)

Goleiro Ronaldo é vetado do jogo do Vitória contra o Ceará

Ele sentiu dor muscular e dará lugar a Lucas Arcanjo; veja a provável escalação, com mudança também na zaga

O Vitória terá dois desfalques importantes na defesa para o duelo contra o Ceará, no Castelão. Se o Leão já tinha perdido o zagueiro Maurício Ramos, com lesão no ligamento colateral do joelho direito, terá também a ausência de Ronaldo. O confronto, na quinta-feira (12), às 19h15, é válido pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

O goleiro titular sentiu dor muscular, ficou em tratamento e, após passar por exames, foi vetado. O rubro-negro não informou a gravidade do problema nem o tempo previsto de recuperação. Como Ronaldo não viajou para Fortaleza, quem defenderá o gol na partida será Lucas Arcanjo, com Yuri como opção no banco.

O técnico Geninho também escolheu quem ocupará a vaga deixada por Maurício Ramos e fará dupla com João Victor: será John. Aos 18 anos, ele já havia sido o escolhido para substituir o zagueiro titular no último domingo (8), no empate de 1x1 com o ABC, pela Copa do Nordeste, quando houve a lesão. O treinador gostou do que viu e resolveu dar espaço ao jovem.

"É John, que entrou no jogo. É quem vem. Ainda estamos com Gabriel Furtado no departamento médico, não foi liberado. Parece que começou a transição agora. Vai o garoto que entrou bem no jogo. Vai ele para o jogo e vem Carlos, que também fazia parte do grupo, compor o elenco. É assim que nós trabalhamos. As chances aparecendo, nós damos chances para os garotos", afirmou Geninho.

O substituto tem quase metade da idade do substituído: John tem 18 e Maurício Ramos, 34. Já João Victor tem 22 anos. Questionado sobre a média de idade baixa para uma partida tão importante, o treinador se mostrou confiante nos jogadores. 

"São garotos, mas João vem vindo muito bem. Foi uma grande surpresa dentro do que nós temos. Ano passado mais compunha o grupo, este ano se achou muito bem com Maurício. Claro que estamos tendo consciência que estamos perdendo aquele jogador que comandava ali atrás. Não só ali atrás, como orientava bastante o time, é um dos jogadores mais experientes que temos no grupo. Mas o menino entrou muito bem, entrou em uma fogueira e fez uma grande partida. Acho que as oportunidades são para serem aproveitados. Vem trabalhando bem, treinando bem. Tem a confiança do grupo todo. É uma zaga jovem, mas que pode fazer um bom jogo", analisa Geninho.

O jogo no Castelão é só a primeira parte de um confronto de 180 minutos. A volta será em casa, no Barradão, no dia 18, às 19h15. Para Geninho, sair com um empate de Fortaleza seria um bom cenário.

"Só tem um resultado que não nos serve lá: perder. Não nos passa pela cabeça perder o jogo. Claro que vai tentar uma vitória. Se não atingir e vier um empate, não vou dizer que é um mau resultado. Não vou dizer que é o melhor resultado, mas não é um mau resultado. Mas nós não vamos jogar pelo empate. Não vou ser falso ao ponto de dizer que se de repente tentar a vitória, que é o que vamos buscar, e ela não acontecer, então que venha o empate. Mas que de maneira nenhuma venha a derrota", comenta.

A provável escalação do Vitória terá: Lucas Arcanjo, Van (Jonathan Bocão), João Victor, John e Thiago Carleto; Guilherme Rend, Rodrigo Andrade e Gerson Magrão (Jean); Vico, Alisson Farias e Léo Ceará.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas