Google Maps: usuários poderão compartilhar trajetos em tempo real no celular

tecnologia
23.03.2017, 06:30:00

Google Maps: usuários poderão compartilhar trajetos em tempo real no celular

A novidade chega aos usuários do mundo todo nos próximos dias

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Pensando em facilitar ainda mais as atividades diárias das pessoas, o Google anunciou, nesta quarta-feira (22), que os usuários do Google Maps poderão compartilhar suas localizações e trajetos em tempo real com qualquer pessoa que esteja acessando ao serviço - seja via smartphones ou em desktops, na web.

A novidade, anunciada pelo Vice-Presidente de Engenharia para as Plataformas de Geolocalização do Google, Luiz Barroso, durante o evento Google for Brasil, chega aos usuários do mundo todo nos próximos dias. Para compartilhar o trajeto com seus contatos, o usuário terá que abrir o menu do Google Maps, dar um toque no ponto azul que mostra sua localização e depois clicar na opção para compartilhar o dado com as demais pessoas. Veja abaixo. 


(Animação: Divulgação/Google)


O trajeto e a localização também poderão ser enviados pelos aplicativos de mensagem instantânea aos contatos do Google. Para isso, o indivíduo terá que compartilhar um link para a localização. Barroso ressaltou que é possível esconder as informações de localização a qualquer momento.

Territórios Indígenas no Maps

No evento, o Google também anunciou que inseriu demarcações de territórios indígenas no Google Maps. O projeto foi feito em parceria com Fundação Nacional do Índio (Funai). Segundo dados da instituição, há 472 territórios indígenas diferentes no Brasil, com mais de meio milhão de habitantes, e cobrindo 13% da área total do país.

Posts na Busca

Outra novidade anunciada na área de buscas é que, agora, ao procurar por instituições, os resultados vão apresentar Posts na Busca com informações relevantes selecionadas pela própria entidade. O MASP é um dos primeiros a fazer parte do lançamento, assim, eles podem incluir, por exemplo, informações sobre a estreia de uma nova exposição, perfis de artistas ou mesmo vídeos e gifs.  De acordo com Luiz Barroso, esses posts são uma forma de oferecer aos usuários as últimas novidades de assuntos que os interessam de fontes verificadas. Clubes e ligas de esporte, museus e assuntos relacionados a músicos e filmes podem fazer parte dos Posts na Busca — basta a instituição se inscrever, como é o caso também da cantora Vanessa da Mata.


(Foto: Reprodução/Google)


*A jornalista viajou a convite do Google



***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas