Governadores ignoram discurso de Bolsonaro e manterão restrições contra coronavírus

brasil
25.03.2020, 16:58:57
Atualizado: 25.03.2020, 17:03:09
(Foto: Isac Nóbrega / PR))

Governadores ignoram discurso de Bolsonaro e manterão restrições contra coronavírus

Presidente defendeu fim do isolamento social

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na noite desta quarta-feira (24) defendendo o fim do isolamento social não surtiu efeito entre os governadores - que foram criticados pelo político no mesmo pronunciamento. Segundo o G1, ao menos 24 dos 27 governantes estaduais irão manter as medidas restrititas.

São eles os governadores do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

"Não é gripezinha. Vou continuar trabalhando em defesa da vida. Olhar nos olhos das pessoas e dizer: estamos numa guerra. Acorda. Temos que vencê-la. Chega de discurso vazio e delírios. Vamos trabalhar mais e mais. Responsabilidade. Todos contra o coronavírus", disse Rui Costa, governador da Bahia, em uma rede social.

Já o do Distrito Federal não respondeu se manterá. Os governadores de Rondônia e Roraima não se manifestaram. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas