Governo diz que mantém projeto de Centro de Convenções na Paralela

salvador
24.10.2017, 05:01:00

Governo diz que mantém projeto de Centro de Convenções na Paralela

Informação foi divulgada após anúncio de novo equipamento pela prefeitura

A Secretaria estadual da Comunicação (Secom) confirmou, por meio de nota, que o governo vai manter o planejamento para o Parque de Exposições na Avenida Paralela, em uma área dentro do atual Parque de Exposições, em Itapuã. “O governo do estado informa que vai manter o planejamento para construir o Centro de Convenções da Bahia do tamanho que os baianos merecem”, disse, em comunicado, citando o governador Rui Costa (PT). A informação foi divulgada nesta segunda-feira (23), quando a prefeitura de Salvador anunciou oficialmente o projeto de um novo Centro de Convenções, na área do antigo Aeroclube, na Boca do Rio.

Com o anúncio do projeto do Centro de Convenções municipal, o trade turístico questiona a necessidade de o governo do estado manter o projeto no Parque de Exposições. “É um risco ter dois. Isso é uma coisa para se estudar, mas acho que as autoridades devem levar em consideração pesquisas, dados e números para saber se é necessário ter dois, três ou cinco”, ponderou o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Glicério Lemos.

O presidente do Conselho Baiano de Turismo (CBTur), Roberto Duran, vê o anúncio da prefeitura com “muita alegria”, acredita que um é suficiente: “É bom ver que um governante teve bom senso de ouvir o mercado do turismo. Esperamos que, com essa construção, Salvador volte a um patamar adequado no mercado de turismo de eventos, mas apenas um é suficiente agora. No segundo momento, possa ser que um segundo seja bem-vindo”.

Nesta segunda, o prefeito ACM Neto sugeriu que o governo use os recursos em outra obra. “É bom dizer claramente que Salvador não precisa de dois centros de convenções. Esse equipamento vai resolver todas as necessidades dessa cidade. O governador pode pegar o dinheiro que ia usar no Centro de Convenções e fazer outra coisa”, disse.

O CORREIO procurou o secretário de Turismo do estado, José Alves, mas não o localizou para comentar o assunto.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas