Governo lança documentário sobre o combate à pandemia

bahia
23.05.2022, 22:38:00
(Foto: Ana Albuquerque/ CORREIO)

Governo lança documentário sobre o combate à pandemia

A produção audiovisual “Um visitante indesejado” traça uma linha do tempo com os momentos mais marcantes

 Comunicação  As dificuldades enfrentadas nos dois últimos anos para comunicar à população baiana sobre como se proteger do coronavírus são tema do documentário “Um visitante indesejado”. Lançado ontem, na sala do coro do Teatro Castro Alves (TCA), a produção do governo do estado relembra os momentos mais delicados da disseminação do coronavírus.

Em 6 de março de 2020, quando as informações sobre a covid-19 ainda eram escassas, coube à imprensa baiana investigar e fornecer informações corretas às pessoas, sem causar alarde. A disseminação de fake news foi um dos principais obstáculos a serem enfrentados no período.

“Neste percurso desafiador, destaco o aprendizado e o espírito de colaboração que serviu de alerta nas horas mais amargas. Por isso, uma das coisas mais gratificantes que aconteceram durante a pandemia foi a colaboração dos veículos de comunicação e das suas incansáveis equipes”, afirmou o secretário estadual de Comunicação Social, André Curvello.

Durante as medidas restritivas, jornalistas continuaram nas ruas trabalhando para levar informação de qualidade àqueles que puderam ficar em casa. “Houve a compreensão de que as empresas e os trabalhadores do setor também faziam parte do combate à pandemia”, acrescentou o secretário.


Produção mostra os desafios no combate à doença e as peças de comunicação feitas para alertar a população (Foto: Ana Albuquerque/ CORREIO)

Artistas baianos que fizeram parte de campanhas de alerta sobre a pandemia, como Carlinhos Brown, Margareth Menezes e Márcio Victor, também são lembrados no documentário, que tem 45 minutos de duração, reúne as peças de comunicaçao sobre o tema lançadas no período  e será disponibilizado em breve nas redes sociais do governo.

Quando a segunda onda começou a se instalar no Brasil, em março de 2021, o desafio do governo foi fazer uma comunicação para conscientizar o jovem a ficar dentro de casa . Foi aí que a propaganda passou a ser mais direcionada, com uma linguagem própria para esse público. “Fomos descobrindo caminhos que pudéssemos trilhar para tocar o coração das pessoas”, afirma Faustão, diretor de criação da Objectiva, agência que realizou diversas campanhas publicitárias sobre o coronavírus. O filme mostra ainda a importância da comunicação para que as pessoas aderissem à vacinação. 

Público na sala do coro do TCA no lançamento do documentário (Foto: Ana Albuquerque/ CORREIO)


*Com orientação da subeditora Fernanda Varela.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas