Grande Rio faz homenagem ao pai de santo baiano Joãozinho da Gomeia

carnaval
24.02.2020, 10:30:00
Atualizado: 24.02.2020, 10:56:09

Grande Rio faz homenagem ao pai de santo baiano Joãozinho da Gomeia

Escola de samba desfilou na Sapucaí nesse domingo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Bahia também foi representada no desfile da Grande Rio, que homenageou um pai de santo baiano, o Tata Londirá, nome religioso de Joãozinho da Gomeia. A cidade natal do homenageado veio logo na primeira ala, Noites de Inhambupe, que retratou as visões noturnas que Joãozinho tinha quando criança. 

Todos os primeiros setores do desfiles trouxe a vida baiana de Tata Londirá, antes dele se mudar para Duque de Caxias, cidade carioca, e ficar nacionalmente famoso com o Terreiro da Gomeia, que ele levou para o Rio de Janeiro. Teve representação das igrejas de Salvador, da Festa de Dois de Julho e da fundação do Terreiro da Gomeia, no bairro de São Caetano, já na capital baiana. 

"O enredo fala de uma pessoa muito icônica para o Candomblé e para a Grande Rio como uma forma de levar uma mensagem de respeito a todas religiões. Hoje, nós pedimos paz na Avenida e é isso que todas as religiões querem", disse Paola Oliveira, atriz e rainha de bateria da Grande Rio, que foi vestida de Cleópatra. "Sei que sou filha de Oxum e nós somos um país multifacetado na questão religiosa. Isso é bom, pois precisamos é ter fé nos dias de hoje", completou. 

(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)
(RioTur/Divulgação)

No desfile, a escola criada em 1971 tentou seu primeiro título do Grupo Especial, mas deve perder pontos em quesitoa como evolução e harmonia devido a problemas com dois carros alegóricos: O abre-alas chamou atenção, ficou parado na concentração por um bom tempo, deixando um "buraco" na avenida. Já o quarto carro se movimentou com dificuldades durante quase todo o desfile.

CORREIO Folia: confira todas as notícias do Carnaval 2020

A apuração acontece na quarta-feira de Cinzas, às 16h15, com transmissão da TV Bahia.

*Com orientação de Amanda Palma

O CORREIO Folia tem o patrocínio do Hapvida, Sotero Ambiental, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio do Salvador Bahia Airports e Claro

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas