Greve da PM em setembro é provável, avaliam lideranças

satélite
18.08.2019, 19:41:15

Greve da PM em setembro é provável, avaliam lideranças


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Líderes de entidades que reúnem soldados, cabos e sargentos da Polícia Militar avaliam que, pelo clima atual nos quartéis, será difícil segurar uma eventual greve da corporação em toda a Bahia já para meados de setembro. A avaliação é a mesma entre oficiais da PM ouvidos reservadamente pela Satélite. "Quem testemunhou os movimentos anteriores às greves de 2001 e 2014 sabe que essa possibilidade é cada vez mais real. O sentimento de revolta que assistimos no passado por duas vezes é o mesmo que  estamos vendo agora, talvez um pouco mais acirrado", disse um tenente-coronel que só aceitou conversar com a coluna sob anonimato. Ele usou como exemplo de atmosfera pró-greve a assembleia com 3,5 mil realizada na última sexta-feira, em Salvador, que culminou, no início da noite, com uma carreata do Clube da Adelba ao CAB.  Outra versão - Apesar dos sinais, o governo do estado e a cúpula da Segurança Pública  apostam que não há qualquer chance de paralisação na PM e tratam o assunto como boato com motivação política. 

Dia D
O veredito sobre uma eventual greve ou não dos militares só será definido no próximo dia 11, quando cerca de 10 mil policiais estarão juntos em nova assembleia. Entre lideranças da PM, o ambiente é de apreensão, sobretudo, pela possibilidade de reviver o caos imposto pelas paralisações passadas em todo o estado, sobretudo em Salvador e Região Metropolitana. Para eles, os cinco anos de salários congelados, o descumprimento de acordos firmados e a indisposição do governo estadual para dialogar com a categoria podem dificultar negociações para estancar o movimento.

Bola da vez
O diretor-geral do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), João Carlos Cruz Oliveira, vem sendo estimulado por lideranças comunitárias do Pelourinho a lançar candidatura a vereador da capital nas eleições do ano que vem pelo PT. Recentemente, representantes das associações de Guias de Turismo e de Militares do Centro Histórico distribuíram cards nas redes sociais e aplicativos de mensagens com o slogan "João do Pelô 2020". Apesar do apoio, endossado também por comerciantes da região, que elogiam as reformas do MAM e das praças de Pelourinho capitaneadas por ele, o dirigente do Ipac ainda resiste a entrar no páreo. 

Pinga-fogo
Integrantes de campos ideologicamente adversários, o vereador Duda Sanches (DEM) e o secretário-geral do PSB da Bahia, Rodrigo Hita, decidiram debater, cara a cara e ao vivo, problemas e projetos para Salvador por meio de uma live em suas redes sociais. Ambos ainda não marcaram data, mas a intenção, dizem, é mostrar que há possibilidade de diálogo sem descambar no clima de guerra que dominou a política.

Por dentro 
Interessados em descobrir as entranhas da Lava Jato fora das lentes da força-tarefa do Ministério Público e da Justiça Federal do Paraná terá uma chance esta semana, no 4° Simpósio Nacional de Combate à Corrupção, que acontece na capital. Por lá, estará circulando o experiente delegado da PF Márcio Anselmo, responsável pela maioria dos sucessos da operação. 

Frase
"Adorava o jeito dele de falar, com aquele vozeirão. Era um defensor intransigente do estado e dos municípios que representava, especialmente sua terra, Itororó. A Bahia política amanhece um pouco menor com a morte dele", Nelson Leal, presidente da Assembleia Legislativa, ao decretar ontem três dias de luto oficial pelo falecimento do ex-deputado federal Eujácio Simões

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas