Grupo carioca compra 80% do Hospital Aliança por R$ 800 milhões

salvador
17.02.2020, 09:10:00
Atualizado: 17.02.2020, 09:57:53
(Foto: Arquivo CORREIO)

Grupo carioca compra 80% do Hospital Aliança por R$ 800 milhões

Fundada em 1977, a Rede D’Or São Luiz é uma das maiores redes de hospitais privados do Brasil

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A rede D'Or São Luiz, fundada no Rio de Janeiro, adquiriu 80% do Hospital Aliança na Bahia. Os 20% restantes permanecem com a companhia fundadora do hospital. A venda foi anunciada nesta segunda-feira (17) pelo superintendente do hospital, Albérico Mascarenhas. 

De acordo com Mascarenhas uma nova unidade será construída, e os números desse investimento serão divulgados em breve. Fundado em 1990, o Hospital Aliança possui 203 leitos e a participação da Rede D'Or foi adquirida por R$ 800 milhões.

A conclusão do negócio está sujeita à aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Durante o período de análise da Operação pelo CADE, as companhias continuarão operando de forma independente.

"Todo o imóvel continua pertencendo ao grupo Aliança e será alugado à rede D'Or. Teremos ainda mais qualidade, mais serviços sendo oferecidos. Teremos uma ampliação, com a construção de um novo prédio, o que vai qualificar ainda mais o atendimento, inclusive gerando mais empregos", afirmou Mascarenhas. 

Ele afirma que, por enquanto, não haverá mudança para os 1624 funcionários da unidade médica localizada na Avenida ACM, em Salvador. 

Fundada em 1977, a Rede D’Or São Luiz é a maior rede de hospitais privados do Brasil com presença no Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Maranhão, Sergipe e Bahia. O Grupo opera com 49 hospitais, sendo 48 próprios e um hospital sob gestão. A Rede possui 7,5 mil leitos totais, e tem planos de chegar a 11 mil leitos até 2022. São, ao todo, 51,8 mil colaboradores e 87 mil médicos credenciados, que realizaram cerca de 4,05 milhões de atendimentos de emergência, 278 mil cirurgias, 33 mil partos e 476 mil internações no último ano, além de 8,2 mil cirurgias robóticas em quatro anos do início deste novo serviço.

Confira abaixo nota enviada pelo grupo Aliança: 
A Companhia de Participações Aliança da Bahia anunciou hoje a realização de uma parceria do seu Hospital Aliança, referência no Estado da Bahia, com o Grupo Rede D`Or São Luiz. O negócio envolverá a venda de 80% da operação hospitalar do Aliança por R$ 800 milhões, sem a alienação dos imóveis que fazem parte do Hospital Aliança. A operação incluirá também a construção pela Companhia Aliança da Bahia de um novo edifício de uso hospitalar para locação ao Hospital Aliança, com vistas à expansão de suas atividades. A conclusão do negócio está sujeita, dentre outras condições, à aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Durante o período de análise da Operação pelo CADE, as companhias continuarão operando de forma independente.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas