Grupo de sócios do Vitória faz mobilização pedindo Assembleia Geral e destituição de Paulo Carneiro

e.c. vitória
20.07.2021, 20:52:00
Atualizado: 20.07.2021, 21:14:40
(Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Grupo de sócios do Vitória faz mobilização pedindo Assembleia Geral e destituição de Paulo Carneiro

Presidente rubro-negro emitiu nota no site do clube atacando o grupo; protesto aconteceu em frente ao Barradão nesta terça (20)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um protesto aconteceu nesta terça-feira (20) em frente à Concentração Vidigal Guimarães, no Barradão. Membros da Torcida Uniformizada Os Imbatíveis (TUI) e torcedores independentes pedem a saída do presidente Paulo Carneiro do Conselho Diretor do Vitória. O protesto é pacífico e acompanhado de uma guarnição da Polícia Militar. Houve registros de uma pequena aglomeração no protesto, que foi realizado por cerca de 100 manifestantes.

A ação acontece dois dias depois da Frente Popular Vitória (FVP), grupo formado por torcedores e sócios do Vitória lançarem uma campanha exigindo a convocação de duas Assembleias Gerais Extraordiárias (AGE): uma para aprovar uma reforma no estatuto atual do Vitória e outra para destituir o atual presidente do clube, Paulo Carneiro, e convocar novas eleições diretas para presidente. O grupo alega que o Vitória enfrenta, além da crise institucional, sérios problemas esportivos e vem tendo a sua imagem e história comprometida com campanhas ruins e de briga contra o rebaixamento da Série B. Além disso, o grupo alega sucateamento das divisões de base e do futebol feminino.

A FVP está convocando sócios adimplentes do Leão com mais de 18 meses de vínculo para assinar um manifesto. As assinaturas estão sendo coletadas para, posteriormente, serem enviadas ao presidente do Conselho Deliberativo do Vitória, Fábio Motta. A manobra é semelhante à utilizada em 2019 durante o mandato do então presidente Ricardo David.

"Estamos num processo com diversas movimentações desde o início dessa gestão. Tentamos requerimentos, ações do conselho e não conseguimos. Tínhamos programada uma AGE de Reforma do Estatuto desde 2019, que foi impedida de acontecer pelo presidente do Conselho Deliberativo, além de um esvaziamento feito por conselheiros da situação", afirmou Daniel Caribé, um dos 28 conselheiros da FVP - menor grupo dentro do conselho do Leão, que tem 150 membros.

Presidente do Vitória, Paulo Carneiro emitiu uma nota no site oficial do clube criticando a ação. O presidente afirma que foi eleito democraticamente e não vai renunciar ao cargo. 

"Não acreditem Senhores Torcedores, Senhoras Torcedoras, que a solução para o engrandecimento do Esporte Clube Vitória resida nestas tentativas desesperadas de tomada do poder. A resposta para os problemas do Clube não passa pela sua constante instabilidade política, mas por projetos viáveis, que contemplem, não apenas contratações fabulosas sem a correspondente receita e que terminem trazendo para a Instituição os problemas que temos hoje", escreveu Paulo Carneiro.

Paulo Carneiro é o atual presidente do Vitória (Foto: Arisson Marinho/Arquivo CORREIO)

No texto, o presidente também cita o caso do Flamengo, atual bicampeão brasileiro, como referência para manter a gestão. " "O Flamengo passou cerca de cinco anos se reestruturando, quase falido, mas com um projeto que, atualmente, a todos encanta. Não se permitiu, lá, que as pressões por um resultado em campo destruíssem um futuro. Criticaram muito o seu Presidente [Bandeira de Mello] à época, protestaram, mas ele não cedeu. E no que resultou a perseverança em um projeto?!?!", afirma a nota.

A FVP estima que 450 assinaturas no manifesto sejam necessárias pra que a AGE seja convocada pelo presidente do Conselho Deliberativo. A primeira estimativa aponta que cerca de 200 assinaturas de sócios foram coletadas.

Ao CORREIO, o conselheiro Daniel Caribé afirmou que caso o grupo não consiga a convocação das duas AGE's, o grupo vai para a Justiça pedir uma intervenção no Vitória. O grupo já havia entrado na justiça contra a taxa de R$1200 cobrada anualmente aos conselheiros.

Leia a nota emitida por Paulo Carneiro na íntegra
"Circula, pelas redes sociais, uma manifestação buscando apoio para convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária, com o objetivo, mais uma vez, de destituir o Presidente eleito para o Conselho Diretor do Esporte Clube Vitória.

Há poucos dias, publiquei uma nota esclarecendo as razões pelas quais não renuncio à sua presidência, para o qual fui democraticamente eleito. Externava, na oportunidade, variadas razões pelas quais, a despeito do conchavo político que se desenha a todo tempo nos bastidores do Clube – sempre capitaneados pelas mesmas pessoas -, ainda nele acredito, como projeto, como trabalho, como história.

E quem perde e quem ganha com tudo isso?

Não acreditem Senhores Torcedores, Senhoras Torcedoras, que a solução para o engrandecimento do Esporte Clube Vitória resida nestas tentativas desesperadas de tomada do poder. A resposta para os problemas do Clube não passa pela sua constante instabilidade política, mas por projetos viáveis, que contemplem, não apenas contratações fabulosas sem a correspondente receita e que terminem trazendo para a Instituição os problemas que temos hoje. Porque assim fizeram recentemente e o caos financeiro que fora gerado deixou uma lição, que não vale a pena repetir.

Creiam em um projeto de futuro, discutido, plenamente formatado para a retomada do Clube ao lugar que jamais deveria ter saído, e que um dia eu o coloquei, e pretendo recolocá-lo. Muitos nele acreditam, a ponto de investidores estarem a buscar conhecê-lo para, porque acreditam, ajudarem a essa Instituição renascer das cinzas.

Não acreditem na retomada de poder que ora se patrocina sem um projeto definido. Será o fim do Vitória. Foram cinco presidentes em seis anos. O Clube se apequenou porque estas mesmas pessoas, que vivem dessa política ridícula de reiteradas destituições, somente entendem o Clube reduzido ao time de futebol.

O Flamengo passou cerca de cinco anos se reestruturando, quase falido, mas com um projeto que, atualmente, a todos encanta. Não se permitiu, lá, que as pressões por um resultado em campo destruíssem um futuro. Criticaram muito o seu Presidente à época, protestaram, mas ele não cedeu. E no que resultou a perseverança em um projeto?!?!

Mas a soberba do passado recente do Clube receia um voo sem o seu comando. E, por isso mesmo, alguns saudosistas da indigência em que o deixaram insistem em retornar. E, sem projeto, seus narizes só apontam para o poder que alimenta as suas vaidades.

NÃO SE DEIXEM ENGANAR!

Lembrem-se que estes grupos, com um falacioso discurso completamente desconectado da realidade do ESPORTE CLUBE VITÓRIA, são os mesmos que, recentemente, habitaram as suas dependências e defenestraram a Instituição.

Não foram poucos os atos de injustificável irresponsabilidade praticados por algumas dessas pessoas na direção do VITÓRIA e que já estão em apuração para providências cíveis e criminais.

PENSEM BEM ANTES DE SE ALINHAREM A ESTAS PESSOAS.

Quero finalizar dizendo aos Senhores e Senhoras, não a estes que teimam em viver na penúria das falsidades, mas aos verdadeiros torcedores e torcedoras do Vitória, que se reúnam e visitem o Clube. Procurem saber o que está sendo feito em infraestrutura. Como estão suas divisões de base. Qual a esperança com os novos valores que estão se destacando. Como está o Clube financeira e administrativamente. Enfim, como se encontra o projeto de reestruturação do VITÓRIA?

Terei o maior prazer em atendê-los, desde que agendada a visita, pois só assim vocês poderão escapar das maledicências postas por aqueles que se valem da falta de conhecimento para nutrir intrigas, com busca de proveitos pessoais.

PENSEM BEM ANTES DE SE ALINHAR A ESTAS PESSOAS.

Paulo Roberto de Sousa Carneiro
Presidente do Conselho Diretor"


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048