Hamilton Mourão comemora cidadania soteropolitana: ‘sentimento de honra’

salvador
11.11.2019, 18:53:05
Atualizado: 11.11.2019, 21:39:42

Hamilton Mourão comemora cidadania soteropolitana: ‘sentimento de honra’

Título foi entregue em sessão solene na Câmara Municipal nesta segunda (11)

Isnard Araújo, que propôs título, com Mourão e Geraldo Júnior, presidente da Câmara Municipal (Foto: Antônio Queirós/CMS)

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, é o mais novo cidadão de Salvador. Nascido em Porto Alegre (RS), o general declarou sua afeição pela capital baiana durante a sessão solene na Câmara Municipal de Salvador em que foi condecorado com o título de cidadania soteropolitana, na tarde desta segunda-feira (11). 

“Estar aqui nesse sítio histórico onde se fundou a primeira capital do Brasil, e onde nós iniciamos como nação, cala fundo na minha alma. Sou estudioso da nossa história e ser homenageado nesta cidade é algo que me traz sentimento de honra e de ser pessoa privilegiada”, comentou ele, após o recebimento da honraria, no Plenário Cosme de Farias. 

O Título de Cidadão da Cidade do Salvador é uma forma de reconhecimento concedido a pessoas nascidas fora da capital baiana e que tenham prestado relevantes serviços ao município. Apesar da honraria ter sido aprovada com unanimidade pelos edis soteropolitanos, não houve presença de políticos da oposição.

A resolução que possibilitou a homenagem é de autoria do vereador Isnard Araújo (PHS), que trabalhou com o vice-presidente no Rio de Janeiro em 1986, quando Mourão era capitão da 1ª Região Militar Marechal Hermes. O proponente argumentou que o título é de extrema importância e que foi questionado por muitos da mídia e do seu rol de amigos.

“Perguntavam: Por que um título para Mourão? Eu disse: Uma pessoa que faz por Brasília, ele faz pelo Rio, por Porto Alegre, por toda a pátria. Eu creio que Vossa Excelência não merece ser cidadão só da cidade de Salvador, merece ser do Brasil, e todas as câmaras devem essa honraria ao senhor”, explanou.

Motivo da condecoração

Ainda conforme o vereador proponente, a grande motivação para a entrega da honraria é a de que esperava-se que o general fosse “um ditador, disciplinador e, diferente disso, Mourão vem quebrando todos os paradigmas do militar que é bronco, ignorante. Ele vem com um discurso moderador e pacificador. Ele veio para Salvador, que é a porta do Nordeste, e que ainda é predominantemente de esquerda, com um discurso de agregação, de ouvir o contraditório”, acrescentou.

Em seu discurso de agradecimento, o general relembrou sua carreira no Exército Brasileiro, na qual exerceu 46 anos de serviço militar. Durante esta trajetória, Mourão revelou que precisou viajar quase todo o país e chegou a morar em 23 casas diferentes. A única cidade nordestina em que viveu foi Recife (PE). 

O vice-presidente concluiu sua fala afirmando que continuará atuando em prol da capital baiana. “Eu saio daqui hoje carregando comigo uma das mais belas homenagens que poderia ter recebido em toda minha vida e, se Salvador já tinha em mim uma pessoa que muito procuraria fazer por essa cidade, hoje ela tem muito mais”, complementou o novo soteropolitano.

A sessão foi presidida pelo presidente da Casa, o vereador Geraldo Júnior (SD), que abriu a solenidade ‘sob a proteção de Deus’. Na sua fala no plenário, ele também destacou o trabalho de Hamilton Mourão pelo Brasil e revelou o motivo da outorga do título. “A formação que Mourão deu a Isnard [Araújo] o tornou um dos melhores vereadores de Salvador”, disse o edil. Ele complementou ainda que a iniciativa torna mais próxima a relação da cidade de Salvador com o governo federal e que isso é necessário para atrair mais atenção da administração para o Nordeste.

Ausências

Questionado sobre a ausência da oposição no evento, o presidente da Câmara de Vereadores afirmou enxergar a situação com tranquilidade. Geraldo Júnior considerou o fato como parte do processo democrático. “Todos têm a sua bandeira partidária, seu fisiologismo. Aqui é uma casa de ressonância, pluripartidária. O Isnard Araújo propôs o título e possivelmente houve um não entendimento da oposição”, disse ele ao CORREIO.

Ao ser questionado se essa ausência seria contraditória, uma vez que a honraria foi aprovada com unanimidade, o presidente respondeu que é possível que a oposição tenha votado positivamente no sentido de reconhecer as grandes contribuições de Mourão enquanto militar, mas não como político.

Opinião de cidadãos

Espectadora em frente ao prédio, a corretora de imóveis Tatiana Dias, 42, só soube da presença do vice-presidente em Salvador porque saiu para passear com a filha e notou o esquema de segurança no local, que teve o trânsito alterado. A cidadã não entendeu bem o motivo da outorga do título e disse não concordar. “Não tenho conhecimento de nada que ele tenha feito pela cidade, achei nada a ver”, comentou.

Também presente no largo do Elevador Lacerda, o cidadão Paulo Leão, 28, desconhecia a presença do general, mas acredita que a decisão dos vereadores foi estratégica e pode render frutos para a cidade.

“Por causa do movimento, imaginei que fosse acontecer alguma coisa, mas não sabia que ele estava aí. Não li nada a respeito disso, e nem sobre os prós e contras. Eu acredito que é uma medida política para promover uma aproximação entre Salvador e o governo”, disse.

Após a cerimônia na Câmara, Mourão não conversou com jornalistas. Ainda nesta segunda, ele seguiria direto para São Paulo, onde tinha outro compromisso. Pela manhã, o vice-presidente participou de um evento com empresários, promovido pela Fecomércio, em que apresentou ações que governo federal “vem desenvolvendo para que o País seja mais próspero e se torne a democracia liberal mais próspera e vibrante do hemisfério sul”, conforme publicou na sua conta no Twitter.

Ainda em Salvador, Mourão cumpriu agenda visitando o monumento da Batalha de Pirajá para homenagear os heróis brasileiros que lutaram pela independência do país.

Presenças

Na concessão do título de Cidadão Soteropolitano participaram da mesa de trabalho o general de Exército José Elito Carvalho Siqueira, ex-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República; o vice-almirante André Luiz Silva Lima, comandante do 2º Distrito Naval; o general de Divisão Marcos André Silva Alvim, comandante da 6ª Região Militar.

Estiveram presentes ainda o desembargador Jatahy Júnior, presidente do Tribunal Regional Eleitoral; o desembargador Pedro Augusto Costa Guerra, representando o presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia; o coronel Aviador Ivan Lucas Karpischin, comandante da Base Aérea de Salvador; e a deputada estadual Talita Oliveira (PSL), representando Nelson Leal, presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia. 
 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/amazon-recebe-criticas-por-reproduzir-holocausto-como-jogo-de-xadrez-em-serie/
'Hunters' é estrelada por Al Pacine e traz grupo de caçadores de nazistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-do-carnaval-hoje-tem-cortejo-afro-baiana-system-pabllo-vittar-e-mais/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/passagem-de-mano-brown-na-barraondina-causa-comocao/
Multidão cantou junto com ele letras inteiras de clássicos dos Racionais MCs
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cronicas-do-guerreiro-dia-4-o-fenomeno-baiana-system/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fundacao-pierre-verger-tem-2o-batizado-de-capoeira-da-dende-de-aro-amarelo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-do-carnaval-hoje-tem-ivete-praca-castro-alves-e-mais/
Jorge Gauthier traz os destaques do dia para o folião
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/serie-sobre-jose-mojica-marins-esta-no-youtube-na-integra/
Canal Space liberou produção gratuitamente para homenagear criador de Zé do Caixão
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-camarote-marcia-fellipe-relembra-polemica-sobre-irma-dulce/
Márcia Fellipe passou pelo Camarote Salvador nesta sexta-feira (21)
Ler Mais