Haroldo Lima, dirigente do PCdoB, morre vítima da covid-19

coronavírus
24.03.2021, 06:43:42
Atualizado: 24.03.2021, 07:39:29

Haroldo Lima, dirigente do PCdoB, morre vítima da covid-19

Ele estava internado tratando a doença

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O ex-deputado federal pelo PCdoB da Bahia e ex-presidente da Agência Nacional de Petróleo, Energia e Gastão (ANP), Haroldo Lima, 81 anos, morreu vítima da covid-19, nesta quarta-feira (24). Ele estava internado tratando a doença e, na última sexta-feira (19), foi intubado.

O presidente estadual do PCdoB, Davidson Magalhães, emitiu uma nota confirmando a morte do ex-deputado. "Com muita dor, comunicamos o falecimento do histórico dirigente do PCdoB Haroldo Lima, mais uma vítima da Covid-19, na madrugada do dia 24/03. Haroldo lutou bravamente por longos dias contra a doença, mas não resistiu às complicações provocadas pelo novo coronavírus", diz a nota.

Magalhães ressaltou a importância política de Haroldo. "Lamentamos profundamente a irreparável perda de um dos mais destacados quadros nacionais  do PCdoB nas últimas décadas e prestamos irrestrita solidariedade aos familiares, aos amigos e militantes neste momento de dor".

A notícia da morte do ex-deputado foi comentada por políticos e colegas do PCdoB, como a deputada federal Alice Portugal. "Perdemos HAROLDO LIMA para a COVID-19, mas ele vive e viverá eternamente na nossa luta e em nossos corações!", escreveu no Twitter.

"O Brasil perde Haroldo Lima! Nosso Partido chora a morte de um de homem imprescindível, um gigante. Haroldo, Sua vida foi marcada pelo bom combate, meu camarada. Você nos deixou sonhos, nos deixou exemplo, nos deixou coragem!", escreveu Manuela D'Ávila.

O deputado Hilton Coelho (Psol) também lamentou a perda. "Haroldo Lima, PRESENTE!
Com pesar recebo a notícia do falecimento do histórico dirigente do PCdoB Haroldo Lima, mais uma vítima da Covid-19, na madrugada de hoje. Minha solidariedade à família e companheiras/os de luta", escreveu no Twitter.

Em entrevista à TV Bahia, o governador Rui Costa falou sobre a morte. "Eu queria aproveitar e lamentar a morte do ex-deputado federal Haroldo Lima, abraçar a família, deixo minha solidariedade, meus sentimentos. Essa doença tem levado pessoas muito importantes, independente de ser cargo político, pessoas que compõem o ente querido de cada família".

O secretário estadual da Saúde (Sesab), Fábio Vilas-Boas, também prestou uma homenagem ao dirigente do PCdoB. "A Bahia perdeu hoje (24) para a #COVID19 mais um dos líderes que fizeram história na luta pela democracia, Haroldo Lima. Meus sentimentos aos amigos do PCdoB e a toda sua família", postou. 

Trajetória
Formado em engenharia pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), Haroldo Lima foi deputado constituinte e foi eleito como deputado federal por quatro vezes, sempre pelo PCdoB. Durante a faculdade, ele já participava de movimentos estudantis e, durante o período da ditadura militar, chegou a ser preso.

Natural de Caetité, ele pertencia à uma tradicional família da cidade, descendente do Barão de Caetité e do primeiro governador eleito da Bahia, Joaquim Manoel Rodrigues Lima.

Em 2002, após ser derrotado na eleição para o Senado Federal, foi nomeado diretor geral da ANP, durante governo Lula.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas