Hora de virar a chave: Vitória precisa focar as atenções no Nordestão

e.c. vitória
13.10.2021, 10:59:00
Atualizado: 13.10.2021, 11:04:07
Técnico Wagner Lopes quer força total diante do Itabaiana (PIETRO CARPI / ECVITÓRIA)

Hora de virar a chave: Vitória precisa focar as atenções no Nordestão

Wagner Lopes vai escalar força máxima contra o Itabaiana: 'Não tem esse lance de poupar ninguém'

É hora de virar a chave. Nos próximos dias, o Vitória precisará esquecer um pouco a Série B do Brasileiro para focar na Copa do Nordeste. Maior campeão do regional ao lado do Bahia, com quatro títulos, o rubro-negro não tem vaga garantida na edição do ano que vem e terá que entrar em campo ainda nesta temporada para buscar a classificação.  

O primeiro desafio é diante do Itabaiana, terça-feira (19), às 21h30, no Barradão. A equipe sergipana venceu o Bahia de Feira nos pênaltis por 3x1 e avançou para a segunda fase, onde encontrará o Leão. O jogo é único e apenas o vencedor avança à terceira fase da pré-Copa do Nordeste. Por isso, o técnico Wagner Lopes já avisou que vai escalar força máxima. 

"Não tem esse lance de poupar ninguém. É muito importante para o clube participar da Copa do Nordeste. Com certeza vamos com o que temos de melhor", afirmou o comandante rubro-negro logo após a vitória por 1x0 contra o Sampaio Corrêa, terça-feira (12) à noite, no estádio Castelão, em São Luís, no Maranhão, em jogo válido pela 30ª rodada da Série B.

"Temos que valorizar essa vitória. Jogo dificílimo, muito longe, voltar com derrota não era opção. Queria agradecer aos nossos jogadores, nossa comissão técnica, todo mundo que faz parte. Temos convicção muito grande que vamos sofrer, vamos lutar até o último dia, mas temos muita convicção que vamos salvar o Vitória dessa situação", projetou.

Apesar da vitória diante do Sampaio Corrêa, que encerrou uma sequência de sete jogos sem triunfos e seis sem marcar gols, o Leão vive situação bastante delicada na Série B. Com 29 pontos, é o 18º colocado na tabela de classificação. Há 15 rodadas consecutivas na zona de rebaixamento, o rubro-negro luta contra a queda à Série C. 

Porém, nesse momento, esse é um problema que precisará ser colocado de lado, até porque o Vitória só volta a entrar em campo pelo torneio nacional no dia 23 de outubro, às 16h30, quando recebe o lanterna Brasil de Pelotas, no Barradão. Antes disso, precisará se garantir na briga por uma vaga no Nordestão 2022.

Para disputar a fase de grupos do regional no ano que vem, o Vitória terá que vencer esse primeiro jogo contra o Itabaiana, que é único. Se passar pela equipe sergipana, vai encarar em duelo de ida e volta o vencedor da chave 8, que terá o Botafogo-PB contra Imperatriz ou Fluminense-PI.

O Vitória só ficou fora de uma edição da Copa do Nordeste. O rubro-negro não participou do torneio de 2016 porque no terminou o Campeonato Baiano do ano anterior na 5ª colocação e apenas os três primeiros colocados do estadual garantiam vaga na competição regional. 

O elenco do Vitória retorna de São Luís para Salvador nesta quarta-feira (13) e se reapresenta na Toca do Leão na quinta-feira (14).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas