Hotéis de Salvador dão até 70% de desconto para quem deseja só curtir o dia; veja como

bahia
26.12.2018, 05:00:00
Atualizado: 26.12.2018, 08:58:02

Hotéis de Salvador dão até 70% de desconto para quem deseja só curtir o dia; veja como

Hotéis chegam a ter expectativa de aumento de 20% do day use durante o verão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Procurando uma programação diferente sem sair de Salvador? O “day use” (em português, uso por um dia) dos hotéis é uma alternativa que vem ganhando o gosto do soteropolitano que deseja utilizar as instalações das hospedarias sem dormir no local. A alternativa ainda é uma forma de melhorar o orçamento e diminuir a ociosidade das empresas, que chegam a ter a expectativa de incremento de 20% com a modalidade durante o verão.

Seja para comemorar, descansar ou só ter um dia sem preocupações, as vantagens para aqueles que optam por essa modalidade começam no preço, que são menores do que a diária normal. Em alguns casos, a diferença chega a ser superior a 70%. Com quarto, sem quarto, com academia, com almoço e café inclusos ou com acesso à piscina, dentro da categoria, cada hotel permite o uso de parte das instalações para o usuário.

Alan Martins curtiu day use no Wish Hotel
(Foto: Arquivo Pessoal)

O relações públicas Alan Martins, 28 anos, já utilizou duas vezes o day use em hotéis de Salvador. A primeira foi no Mercure Pituba e a segunda - no meio deste mês - no Wish Hotel, no Campo Grande. “Eu acho uma ótima opção para quem quer curtir uma coisa diferente, sem pagar muito ou sair da cidade para isso. Nossa cidade oferece ótimos hotéis com preços bem em conta, o que proporciona experiências novas”, disse.

“É algo, que se você programar, pode fazer pelo menos uma vez ao mês. Você se diverte, tem um dia diferente e ainda pode fazer fotos incríveis para bombar nas redes sociais”, acrescentou Alan, sorrindo.

Alternativa
De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-BA), o polo hoteleiro da cidade que mais utiliza esse estilo de hospedagem é o de Itapuã e Stella Maris. “Eles são compostos por hotéis de lazer e, com isso, conseguem encher mais e em época com menor ocupação, conseguem lotar a piscina em dia de day use”, explicou a vice-presidente da ABIH-BA, Renata Proserpio.

Ainda de acordo com a entidade, o day use é uma alternativa para combater a sazonalidade do estabelecimento e oferecer aos moradores de Salvador a possibilidade de utilizar o hotel.

“O perfil de uso dessa modalidade é de pessoas de Salvador que, durante final de semana ou feriados, querem passar um dia diferente em um bairro diferente do que ele mora e com o serviços do hotel, porque muitas vezes a pessoa tem piscina em seu condomínio, mas não tem os serviços que o hotel oferece, como garçom e piscina”, explicou Renata.

Apesar de ser uma prática considerada antiga de parte da hotelaria de Salvador, principalmente na área mais próxima ao Litoral Norte, o uso da modalidade foi reforçado nos últimos anos. “Com a crise recente, sobretudo desde que o Centro de Convenções ficou inoperante, a hotelaria teve que incrementar novas alternativas de melhorar o orçamento e o day use foi uma delas”, disse a vice-presidente.

Iniciativa tímida
O presidente da Salvador Destination, Roberto Duran, explicou que a alternativa é comum em resorts e que em Salvador a iniciativa ainda é muito tímida e pouco divulgada. “Onde tem há muito tempo são nos grandes resorts, em que o hóspede pode usar a estrutura. Existem as variáveis de acordo com cada hotel. Mas, isso é uma estratégia para melhorar a economia e usar o equipamento, driblando a crise”, explicou Duran.

De acordo com ele, o day use é uma estratégia para que a pessoa conheça o hotel e possa utilizá-lo futuramente. “É uma forma de proporcionar uma degustação para os clientes, a fim de conhecerem o produto e utilizarem no futuro. Alguns hotéis têm um apelo maior nas confraternizações de final de ano, o que dá uma alavancada no perfil do produto”, afirmou.
 
Por enquanto, o faturamento almejado no Verão ainda não é tão representativo. Conforme a Salvador Destination, ele pode representar  de 1% a 3% do que o hotel fatura: “Só pode representar alguma coisa no faturamento em época de confraternizações, que acabam enchendo os hotéis com o day use”, explicou Duran.
 
No Gran Hotel Stella Maris, por exemplo, são as confraternizações que alavancam a representatividade do day use no faturamento. De acordo com Viviane Pessoa, diretora de vendas e marketing, nessa situação, o day use chega a alcançar 3% do faturamento.

“Ainda é bem tímido. Apesar de a gente divulgar bastante e querer atrair os soteropolitanos aos hotéis, a iniciativa ainda não é tão conhecida pelos baianos. Não é um hábito”, disse Viviane.


A diretora ainda explicou que os próprios restaurantes, pizzaria e sorveteria que ficam dentro do hotel não são tão frequentados por não-hóspedes, apesar de estarem abertos para consumo. “O soteropolitano não tem muito essa visão de que o hotel é um espaço aberto ao público”, comentou Viviane Pessoa.

No mês passado, o produtor Hebert Gomes, 39, e seu namorado Alex foram comemorar aniversário de namoro no Wish Hotel. Foi uma surpresa para Hebert, que gostou bastante da ideia e quer utilizar do day use em outros hotéis de Salvador e do Litoral Norte.

“Às vezes você não quer se hospedar, só curtir uma coisa diferente e as outras opções da cidade. Quem mora na cidade raramente vai no hotel, eu mesmo nunca teria essa ideia de passar o dia dentro da cidade, escolheria na linha verde, mas não aqui dentro. Mas foi muito interessante porque parecia um clube, muito confortável e é uma coisa diferente para presente”, conta ele, que mora no Cabula.

Além da piscina, o casal aproveitou a academia, o quarto e pagaram um pouco a mais para almoçar no local também. “Valeu super a pena, é bem legal na área da piscina, o quarto também é bem confortável, chuveiro grandão, bem quente, cama maravilhosa. Eu inclusive indiquei para uma amiga que quer comemorar com o namorado dela também”, contou.

Para aproveitar o dia na piscina, de frente para o mar e em um hotel luxuoso, o técnico em automação Vinícius Gomes, 23, não precisou ir para tão longe de casa. Ele já utilizou o day use em dois hotéis de Salvador: o Catussaba há um mês e o Gran Hotel Stella Maris há dois anos. Os hotéis ficam próximos à casa dele, em São Cristóvão, mas ele garante que a experiência vale a pena. Na primeira vez, no Gran Hotel, o day use foi utilizado após um casamento que ocorreu no local. Já no Catussaba, a ida foi motivada para curtir as hospedagens do hotel.

“É legal para aproveitar a estrutura do equipamento mesmo. A piscina, os garçons vão até a piscina para levar as bebidas, as comidas são maravilhosas e tem o quarto também. Eu quis aproveitar o dia e fui. Super iria de novo, só recomendo que a pessoa pesquise antes para saber mais sobre o que cada hotel oferece e o preço. Eu já estou de olho no day use de um resort na Praia do Forte”, disse. Gomes ainda ressaltou que existem hotéis em que o day use não vale a pena.

“Tem alguns que você paga a diária mais barata do que o day use em outro hotel. Então por isso que eu indico que a pessoa pesquise”, acrescentou.

Confira opções de day use para curtir hotéis de Salvador:
Golden Tulip
Durante todo o ano, o Golden Tulip Salvador, no Rio Vermelho, oferece o day use das 11h às 18h. O valor por pessoa é de R$ 80 e é revertido em consumação no bar da piscina. Crianças até cinco anos não pagam e de seis a 12 anos têm 50% de desconto. Clientes que optarem pelo day use têm estacionamento gratuito, acesso à piscina e ao bar. O hotel explicou que o perfil dos usuários são casais, famílias com filhos e grupos de amigos que residem na cidade e buscam um espaço para lazer com mais conforto.

Grande Hotel da Barra
O Grande Hotel da Barra oferece dois tipos de day use: o com almoço incluso e o sem almoço. Na primeira opção, a estadia é no apartamento Standart Double, para duas pessoas, por R$ 150, das 10h às 17h. O day use dá acesso à academia, piscina e estacionamento. Há cortesia para crianças até cinco anos e de seis aos 12 anos têm 50% de desconto. O day use que inclui almoço também é no standart double para duas pessoas por R$ 240. O horário de funcionamento, acesso e cortesia para crianças têm o mesmo funcionamento. O almoço incluso é para duas pessoas no restaurante Tombadilho, no serviço à la carte, servido das 12h às 15h. O à la carte inclui um prato principal, um acompanhamento, uma sobremesa e uma bebida não alcoólica. O café, das 6h às 10h, não é incluso, mas o valor de quem deseja é de R$ 30 por pessoa para ambas as opções.

Mar Brasil Hotel
O Mar Brasil Hotel, em Itapuã, oferece day use das 10h às 18h exceto durante o Réveillon, o Carnaval e o mês de janeiro, a partir de R$ 190 para duas pessoas, incluindo acesso ao hotel, apartamento, drink no restaurante Casa di Vina, desconto de 10% nos consumos de alimentos e bebidas no restaurante. Crianças de até 10 anos não pagam e o café da manhã não está incluso. “Dentro do hotel tem a casa onde morou o Vinicius de Moraes. A pessoa pode ter acesso ao hotel, ir ao memorial e ao museu e tem apoio do apartamento”, explicou Renata Proserpio, proprietária do hotel.

Mercure Pituba
No Mercure Pituba, o valor do day use é de R$ 89 por pessoa, que pode ter acesso às áreas de lazer como piscina, academia e restaurante, além de café da manhã e um drink. Está disponível todos os dias, exceto Réveillon e Carnaval. O hotel tem a expectativa de aumentar a demanda do público de day use em 20% na alta estação. De acordo com o hotel, a maior demanda são das pessoas de Salvador, do interior do estado e de Aracaju durante os finais de semana. O Restaurante Amaranto é aberto ao público durante todos os dias da semana.

Wish Hotel da Bahia
O Wish Hotel da Bahia oferece day use de R$ 70 mais 5% de taxa. O valor é quase 77% mais baixo do que a diária normal, de R$ 300. O day use inclui acesso à piscina e bar, mas o consumo fica à parte. O público que costuma utilizar do day use são pessoas de 25 a 50 anos.

Gran Hotel Stella Maris

O day use do Gran Hotel Stella Maris funciona todo o ano por R$ 175. Inclui almoço com bebidas não alcoólicas e funciona das 10h às 17h. Crianças de 6 a 10 anos pagam 50% a menos e menores 6 anos não pagam. É importante, no entanto, ficar atento: se você não tiver agendado anteriormente e chegar ao hotel em um dia com ocupação acima de 70%, o day use não é mais ofertado. Por conta disso, é recomendado se planejar ou ligar para a recepção do hotel antes de se deslocar. O day use dá acesso à área de piscina, à programação de esporte e lazer e às áreas para crianças.

Pestana Convento do Carmo
O Pestana Convento do Carmo possui um sistema de day use com apoio de quarto durante todo o ano, a menos que esteja lotado. O valor varia de acordo com a diária, geralmente é em torno de R$ 200 - metade da diária. Todas as dependências do hotel podem ser acessadas pelo hóspede, mas a consumação no bar e restaurante ficam a parte. O day use é das 9h às 18h.

Ibis Salvador Aeroporto Hangar
O Ibis Salvador Aeroporto Hangar oferece três tipos de day use, variando conforme a permanência do hóspede no local. Entre 9h e 21h, a pessoa pode escolher permanecer três horas, seis horas ou nove horas. A primeira opção paga R$ 82,95, por seis horas se paga R$ 103,95 e por nove horas, R$ 135,45. A diária dá acesso ao apartamento, restaurante e bar, com eventuais gastos não incluídos. O hotel não possui piscina.

Hotel Deville Prime Salvador
O Deville Prime oferece day use por oito horas consecutivas entre às 6h e 20h por R$ 259 mais 15% de taxas para duas pessoas. O valor inclui apoio de hotel, internet e acesso às áreas comuns do hotel, como piscina e academia. O interessado deve consultar previamente a disponibilidade do day use do hotel, que varia de acordo com a ocupação.

Fera Palace Hotel
O Fera Palace Hotel, no Centro Histórico de Salvador, não oferece day use. No entanto, a parte de cima do hotel, o rooftop, é aberto para não hóspedes que queiram utilizar o bar com vista para a Baía de Todos os Santos. O acesso é permitido de segunda a sexta, das 16h30 às 21h e sábados, domingos e feriados a depender da lotação do hotel. O uso da piscina é restrito aos hóspedes. O Restaurante Adamastor também é aberto para não hóspedes.

**
Procon alerta para os cuidados com o day use 
Passar um dia relaxante num hotel à beira da piscina pode se transformar em uma grande dor de cabeça, se o consumidor não tomar cuidado. O diretor de Fiscalização da Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Bahia (Procon-BA), Iratan Vilas Boas, alerta para as possíveis armadilhas escondidas por trás do day use.

“O primeiro alerta ao consumidor é ler o contrato, as condições e regras da estadia. É necessário saber quais os serviços são inclusos na oferta. Todas as restrições devem ser apresentadas previamente para o consumidor”, destacou Vilas Boas.

A venda casada, por exemplo, é considerada infração. Ela acontece quando o estabelecimento determina um valor mínimo de consumação, por exemplo. A obrigação de pagamentos adicionais posteriormente (caso não seja comunicado anteriormente) também é considerado ilegal.

“É importante que o consumidor esteja atento e contrate sempre junto a vendedores oficiais. Os comprovantes de pagamento devem ser guardados”, indicou Vilas Boas.

Para os hotéis que queiram oferecer o day use, o diretor de Fiscalização do Procon indica que todas as informações e regras da modalidade sejam apresentadas anteriormente ao consumidor, para “dar transparência à relação de consumo”.

Para denunciar infrações e irregularidades, o cliente deve procurar um dos postos de atrendimento do Procon-BA ou denunciar através do aplicativo para celular Procon BA Mobile.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas