Hotel no Pelourinho é premiado pelo segundo ano consecutivo

salvador
11.03.2020, 04:40:00
Casa do Amarelindo está na categoria com até 50 apartamentos (Divulgação)

Hotel no Pelourinho é premiado pelo segundo ano consecutivo

Prêmio POP, da Prefeitura de Salvador, divulga vencedores em quatro categorias; confira

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um turista fica hospedado em um hotel e adora o atendimento. Ao fim da viagem, ele comenta em um site de buscas por hospedagem sobre a experiência. Essa satisfação do cliente é um dos critérios utilizados para a escolha dos ganhadores do prêmio Programa de Otimização de Performance (POP) 2019.

Nesta segunda edição da premiação, o Hotel Deville Prime Salvador ficou em primeiro lugar na categoria "hotéis com mais de 150 apartamentos". No grupo de "hotéis entre 51 e 150 apartamentos", o Monte Pascoal Praia Hotel conquistou o primeiro lugar.

Já o Hotel Casa do Amarelindo foi o vencedor entre os estabelecimentos com até 50 apartamentos. Na categoria "Equipamentos e atrativos turísticos", o Museu Náutico da Bahia foi o vencedor. A premiação aconteceu nessa terça-feira (10), no Wish Hotel da Bahia.

O POP, lançado pela Prefeitura de Salvador em 2017, monitora 112 meios de hospedagem da capital, além de 37 equipamentos e atrativos turísticos, por meio de comentários dos visitantes em sites e agências online.

Localizado em Itapuã, o Hotel Deville Prime Salvador possui uma equipe para responder a cada comentário dos clientes. “Nosso desafio é encantar o hóspede. Cada vez mais percebemos a importância do feedback e o quanto é importante valorizar as respostas. Os comentários nos ajudam a aperfeiçoar cada vez mais o atendimento”, afirmou Sueli Fernandes, gerente comercial do empreendimento.

Sueli Fernandes, do Hotel Deville (Foto: Betto Jr./ CORREIO)

Dentre os maiores hotéis, o Wish Hotel da Bahia ficou com o segundo lugar e o Fiesta Bahia Hotel ficou na colocação seguinte. O Gran Hotel Stella Maris ficou com a quarta posição, seguido do Sol Barra Hotel (5°) e Portobello Ondina Praia Hotel (6º).

A preocupação com a reputação online do Monte Pascoal Praia Hotel, na Barra, fez com que a hospedaria levasse o primeiro lugar na categoria. O dono do empreendimento, Rafael Lemos, acredita que as respostas dos hóspedes sobre a estadia é muito importante para o hotel. “Fazemos questão de tratar isso com a maior seriedade”, completou.

Representantes do Hotel Monte Pascoal (Foto: Betto Jr./ CORREIO)

Ainda na categoria "Hotéis entre 51 e 150 apartamentos", o Hotel Bahia do Sol e o Hotel Golden Park Salvador apareceram em segundo e terceiro lugar, respectivamente. Também fizeram parte do ranking o Grupo Pestana (4º), Sol Plaza Hotel (5º) e Hotel Hospeda Salvador (6º).

Dentre os hotéis menores, o Hotel Casa do Amarelindo ganhou o prêmio pela segunda vez. O dono do hotel, Gilles Barral, aposta no trabalho diário de recepção dos hóspedes na local para ter os melhores comentários depois da visita. “É querer que as pessoas sejam recebidas como se fossem o melhor amigo visitando Salvador e querer dar as melhores dicas. Responder rápido na internet é importante, mas uma estadia de qualidade tem a ver com a acolhida e o serviço prestado”, afirmou.

Gilles Barral, da Casa do Amarelindo, no Pelô (Foto: Betto Jr./ CORREIO)

O Aram Yami Hotel  ficou com a segunda posição na categoria "Hotéis com até 50 apartamentos", seguido do Villa da Praia Hotel. Os estabelecimentos foram seguidos do The Hostel Salvador (4º), Bahia Café Hotel (5º) e B Hotel (6º).

Atrações turísticas
Além do setor hoteleiro, também são premiados pelo POP "Equipamentos e atrativos turísticos". Funcionando dentro do Farol da Barra, o Museu Náutico da Bahia reconhece que a internet é a forma mais rápida de ter um feedback do público e busca associar isso com o bom atendimento. “O POP permite que uma análise da realidade para saber se temos o resultado que a ente imagem que é prover cultura, entretenimento e conhecimento”, o Almirante Silva Lima, comandante do 2º Distrito Naval.

O Almirante Silva Lima (à dir.), comandante do 2º Distrito Naval (Foto: Betto Jr.)

Os famosos Elevador Lacerda e Mercado Modelo ficaram com os segundo e terceiro lugares respectivamente. A Casa do Rio Vermelho (4º), o Largo do Campo Grande (5º) e o Morro do Cristo (6º) completaram as colocações.

O secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Claudio Tinoco, ressaltou a influência que as buscas na internet tem no momento de fechar uma hospedagem.

“A gente sabe que muitas vezes o turista decide  a escolha de um hotel e destino como pelas resenhas. Por isso, procuramos uma ferramenta privada para poder engajar a hotelaria da cidade de e melhorar o desempenho por meio da melhoria de reputação nas plataforma digitais”, pontuou.

O prêmio tem acirrado a competitividade entre os hotéis. De acordo com o Diretor do Turismo da Secult, Antônio Barreto Jr., o tempo médio de resposta do gerente era de 15 a 20 dias na primeira edição do prêmio, em 2019, atualmente, as respostas chegam em um período de 7.5 dias. “Antes, apenas as resenhas negativas eram respondidas. Agora, se sabe que responder só negativo não resolve e os estabelecimentos se preocupam em responder todas as resenhas”, explicou.

Lançado pela Prefeitura de Salvador em dezembro de 2017, O POP monitora 112 meios de hospedagem de Salvador, além de 37 equipamentos e atrativos turísticos, por meio de comentários dos visitantes em sites e agências online. Salvador é primeira cidade brasileira a dispor desta tecnologia, disponibilizada pela empresa espanhola ReviewPro, que atua na captura, processamento e monitoramento de opiniões públicas, em tempo real.

Melhor fevereiro em 8 anos
Fruto de ações de incentivo ao turismo, a  rede hoteleira de Salvador apresentou em fevereiro taxa de ocupação de 70,59%. O índice fez com que o mês de 2020 fosse o melhor nos últimos oito anos, segundo dados oficiais da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA).

Neste mês, a diária média foi de R$ 447,21, resultando em um Revpar (indicador ponderado de taxa de ocupação e diária média) de R$ 315,69, aponta a ABIH-BA. Desconsiderando os hotéis de luxo, que entraram recentemente na amostra, a taxa de ocupação seria de 71,57%, diária média cairia para R$ 358,72 e o Revpar ficaria em R$ 256,72. Os dados ainda seriam os melhores resultados dos últimos 8 anos.

Para o presidente da ABIH-BA, Luciano Lopes a alta no setor do turismo é um impacto do investimento no marketing da cidade. “A cidade está sendo mais procurada no verão. Salvador está bonita e organizada. Agora com o Centro de Convenções, a renovação do Aeroporto e o turismo religioso, devemos crescer ainda mais”, disse.

*Com orientação da subeditora Tharsila Prates

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas