Ibope: ACM Neto lidera ranking entre os 12 prefeitos mais bem avaliados do Brasil 

salvador
11.10.2020, 12:35:00
Atualizado: 11.10.2020, 18:23:45
(Foto: Divulgação)

Ibope: ACM Neto lidera ranking entre os 12 prefeitos mais bem avaliados do Brasil 

Prefeito ACM Neto agradeceu aos soteropolitanos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O prefeito ACM Neto (DEM), que governa Salvador há oito anos, obteve o melhor desempenho entre as 12 capitais pesquisadas pelo Ibope que ouviu eleitores para saber quem eram os melhores prefeitos do país.  ACM Neto, de acordo com o levantamento do Ibope, tem 85% de aprovação e  12% de desaprovação. Para 73% dos eleitores, a gestão do democrata pode ser considerada boa ou ótima. 6% dos eleitores consideram a gestão ruim ou péssima.

Das 12 capitais pesquisadas, apenas três desaprovam seus prefeitos: Porto Alegre, Recife e Rio de Janeiro. Em São Paulo, os índices de aprovação e desaprovação registram um empate técnico. Já nas outras oito capitais, os atuais prefeitos ostentam aprovações que chegam a 85%, como é o caso de Salvador.

Através das suas redes sociais, neste domingo (11), o prefeito de Salvador agradeceu. "São oito anos de trabalho, oito anos de desafios, oito anos tentando fazer o melhor que posso por Salvador. Eu sei que não fiz tudo, mas a nossa cidade passou por mudanças profundas. Quem iria imaginar que hoje teríamos um hospital municipal, um centro de convenções, um programa que já reformou 28 mil casas nos bairros mais pobres, uma orla totalmente revitalizada, 10 UPAs e tantas outras transformações? Nem no melhor dos meus sonhos eu imaginei que conseguiríamos fazer tanto. E, no entanto, nós fizemos. Obrigado, Salvador, por confiar no nosso trabalho e por reconhecer o nosso esforço", escreveu o prefeito.  

Confira a postagem completa: 

O prefeito de  Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) foi o segundo melhor avaliado. Ele, que busca a reeleição, teve  76% de aprovação na capital de Minas Gerais, com 65% dos eleitores considerando a gestão dele boa ou ótima. Kalil tem  22% de desaprovação entre os eleitores; 13% deles consideram a gestão ruim ou péssima.

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), que também busca a reeleição, tem a aprovação de 72% dos eleitores, contra 22% de desaprovação. A gestão é considerada boa ou ótima por 58% dos eleitores ouvidos pelo Ibope. Outros 9% consideram a gestão ruim ou péssima e 32% a consideram regular.

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), é aprovado por  69% dos eleitores, contra 26% que a desaprovam. Mais da metade dos entrevistados (53%) classifica a gestão como boa ou ótima. Outros 12% consideram o governo Rezende ruim ou péssimo.

Em Curitiba, Rafael Greca (DEM), que busca a reeleição, tem aprovação de 68% dos eleitores, enquanto é desaprovado por outros 29%. Mais da metade dos curitibanos (54%) considera a gestão do prefeito boa ou ótima. Outros 29% a consideram regular e 16%, ruim ou péssima.

Já em Natal, o índice de aprovação do prefeito Álvaro Dias (PSDB), também candidato à reeleição, é de 63%. Outros 31% dos eleitores desaprovam a gestão do tucano. Há um empate técnico entre os eleitores que classificam a gestão como boa ou ótima e os que a classificam como regular: 42% nos dois casos. Outros 14% consideram a gestão ruim ou péssima.

Os prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), e de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), têm índices de aprovação superiores a 50% — 56% e 53%, respectivamente.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas