Idoso é preso por atear fogo na sobrinha e no marido dela na Bahia

bahia
14.10.2019, 20:49:00
Atualizado: 14.10.2019, 20:51:48
Idoso foi preso após atear fogo à sobrinha e ao marido dela (Divulgação/Polícia Civil)

Idoso é preso por atear fogo na sobrinha e no marido dela na Bahia

Dupla tentou apartar briga entre irmãos; mulher teve 80% do corpo queimado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Suspeito de atear fogo na sobrinha e no marido dela, José Alcântara, 67 anos, foi preso pela polícia de Livramento de Nossa Senhora, no centro-sul da Bahia, segundo informou nesta segunda-feira (14) a Polícia Civil. 

De acordo com a investigação, o idoso brigou com o irmão porque este estaria com o som muito alto no carro. Durante a confusão, José pegou uma garrafa com combustível para incendiar o veículo do irmão.

A sobrinha e o marido dela tentaram então interferir na briga entre os dois irmãos e acabaram queimados. O irmão do idoso conseguiu escapar e não ficou ferido.

A sobrinha do suspeito, de 30 anos, teve 80% do corpo queimado e foi socorrida para um hospital da cidade. Por conta da gravidade do caso, acabou transferida para o setor de queimados do Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. O marido dela, 29, foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

José também ficou ferido, de maneira leve, e buscou ajudar em um hospital de Itapemirim. Depois, acabou preso em flagrante.  A polícia diz que os dois irmãos tinham histórico de brigas por conta de uma herança na família

O suspeito foi autuado por dupla tentativa de homicídio e segue custodiano na delegacia de Livramento.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas