Igreja da Lapinha fica lotada para missa em homenagem a Dia de Reis

salvador
06.01.2020, 21:17:00
Festividade é uma das mais conhecidas do calendário cristão (Foto: Betto Jr/ CORREIO )

Igreja da Lapinha fica lotada para missa em homenagem a Dia de Reis

Celebração é uma homenagem aos três reis magos

Uma multidão lotou a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, conhecida como igreja da Lapinha, na noite desta segunda-feira (6) para acompanhar a missa em homenagem ao Dia de Reis. Era tanta gente que algumas pessoas tiveram que assistir à celebração de pé, do lado de fora do templo.

A farmacêutica Marlene Gomes, 66 anos, foi vestida a caráter. Ela e um grupo de amigas fazem parte do Terno da Anunciação, um grupo criado há 28 anos em homenagem a Baltazar, Gaspar e Belchior, os três Reis Magos que visitaram Jesus logo após o nascimento.

“Os três Reis Magos representam a luz e todos os povos. O grupo foi criado pelo padre Pinto, nosso antigo pároco, em homenagem a eles e para lembrar da necessidade da fé e do amor ao próximo. Adoro ser católica e, por isso, todos os anos participo da festa”, afirmou.

Missa foi a principal homenagem do dia (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

Mais cedo teve alvorada festiva e celebração eucarística com batizados. Já no fim de semana foi realizado o tradicional desfile dos Ternos de Reis. A festa é uma das mais populares do calendário cristão.

A Solenidade da Epifania do Senhor, também conhecida como Dia de Reis ou Dia dos Santos Reis, é comemorada em 6 de janeiro. Ela tem origem na tradição católica que lembra o dia que Jesus Cristo, recém-nascido, recebeu a visita de três Reis Magos vindos do Oriente, guiados por uma estrela.

Igreja ficou lotada (Foto: Betto Jr/ CORREIO)

Eles levaram para Jesus ouro, incenso e mirra, que representam as três dimensões de Cristo: a realeza, a divindade e a humanidade (o óleo da mirra servia para embalsamar os mortos). Tais presentes simbolizam, ainda, o futuro da missão de Nosso Senhor.

A intenção dos evangelistas ao mostrar os magos vindos do Oriente foi ensinar que o Cristo veio não apenas para o povo de Israel, mas para todos os povos e nações do mundo. A festa popular – também conhecida como Folia de Reis – foi trazida ao Brasil pelos colonizadores portugueses e até os dias atuais é tradição em regiões como o Nordeste, e nos estados de São Paulo e Minas Gerais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas