Imóvel fica mais acessível no Feirão da Caixa e na Semana do Metro Quadrado

bahia
06.05.2018, 17:38:45
Feirão da Caixa superou expectativas de negócios nesse fim de semana em Salvador (Divulgação)

Imóvel fica mais acessível no Feirão da Caixa e na Semana do Metro Quadrado

O Feirão acabou no domingo, mas a Semana do Metro Quadro vai até o dia 20, em plataforma digital

O Feirão CAIXA da Casa Própria terminou ontem (06), em Salvador, e superou as expectativas de negócios estipulada pela Caixa Econômica Federal (CEF). Foram mais de 12 mil imóveis ofertados em todas modalidades, além das linhas de crédito. Para quem perdeu a oportunidade, vale salientar que nessa segunda, começa a 3ª edição da Semana M². Organizado pela Ademi-BA e patrocinado pela CEF, a iniciativa é realizada numa plataforma digital onde é possível acessar todos os dias diversas ofertas e condições especiais oferecidas pelas construtoras participantes. Os interessados vão encontrar empreendimentos de médio padrão na Semana M² que vão de R$ 114 mil a R$ 990 mil.

Na terceira edição da Semana M², todos os stands de vendas foram transferidos para um ambiente 100% digital, por meio do site semanam2.com.br, que entra no ar hoje e ficará disponível até o dia 20 de maio. A ideia é reunir todos os tipos de imóveis, facilitando também o acesso de quem está fora de Salvador, já que inclui ofertas em Alagoinhas, Camaçari, Cruz das Almas, Esplanada, Feira de Santana, Jacobina e Jequié. Outra novidade diz respeito ao fato de que pisos, armários e até descontos que podem passar de R$ 20 mil serão oferecidos. “Com as novas regras de financiamento, aquele cliente que já estava inclinado à compra, cria coragem para fechar negócio. Nossa expectativa é vender cerca de 30 unidades”, afirma o gerente comercial da incorporadora JVF, André Marques.

O balanço dos negócios será divulgado na segunda, após o encerramento das ações realizadas durante todo o final de semana, mas quem perdeu a oportunidade pode buscar a Semana do Metro Quadrado. (Foto:Divulgação)

Feirão

De acordo com o representante da Caixa em Salvador, o balanço do Feirão só será divulgado amanhã(07), após o encerramento de todas as ações. O superintendente regional da CAIXA, Anselmo Cunha afirma que a iniciativa é uma das alavancas mais buscadas para aquisição da casa própria, nos últimos anos. “No Feirão, os visitantes puderam contar com as condições facilitadas que a CAIXA oferece, além de ter acesso aos principais lançamentos e a diversos imóveis, novos ou usados, disponíveis na região de Salvador”, comenta Cunha, ressaltando que, já no primeiro dia de realização, a procura se mostrou muito acima do esperado.

Nessa edição, o evento contou com mais de 50 parceiros. Foram mais de 24 construtoras e cerca de 20 correspondentes imobiliários CAIXA, além de 05 imobiliárias. Mais de 10 empreendimentos novos, aproximadamente 11 mil imóveis novos e 1.000 imóveis usados, num total de mais de 12 mil imóveis em oferta. O Feirão contou ainda com a participação de cerca de 150 empregados da CAIXA trabalhando para a realização de Salvador, neste ano. Além de aquecer o mercado imobiliário em todo o país, o Feirão faz parte da estratégia do banco de proporcionar melhores condições para aquisição de imóveis com menores taxas de juros. A CAIXA possui R$ 82,1 bilhões para o crédito habitacional para 2018 e mantém a liderança no setor com cerca de 70% das operações para aquisição da casa própria.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas