Inaugurada, Unidade Básica de Saúde de Pirajá atenderá até 500 pessoas por dia

salvador
09.09.2020, 13:22:00
Atualizado: 09.09.2020, 14:16:21
Serão até 500 atendimentos por dia (Foto: Valter Pontes/Secom)

Inaugurada, Unidade Básica de Saúde de Pirajá atenderá até 500 pessoas por dia

Três equipes de saúde da família e três equipes de saúde bucal vão atuar na unidade

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS) foi inaugurada em Salvador nesta quarta-feira (9). O posto fica em Pirajá e é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura -  o primeiro construiu e o segundo vai operar o espaço. A capacidade é para 500 atendimentos por dia, e o investimento foi de R$ 4,4 milhões, financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Unidade é fruto de uma parceria entre governo e município (Foto: Valter Pontes/ Secom)

A unidade fica na Rua Elísio Mesquita e foi entregue oficialmente em um evento conjunto entre o governador Rui Costa e o prefeito ACM Neto. O governador disse que a construção do espaço vai ajudar a reforçar a atenção básica no bairro, destacou outros equipamentos entregues na região, e a inauguração de uma Academia de Saúde instalada ao lado da UBS.

“Estamos entregando mais uma Unidade Básica de Saúde e uma academia de saúde. Na semana passada, estivemos em Pirajá para entregar a unidade de emergência pediátrica. Nós transformamos, inicialmente, a unidade mista que existia no bairro em unidade exclusiva de emergência. Agora, estamos entregando mais essa UBS. Isso faz parte de um planejamento para reforçar a atenção básica na Região Metropolitana”, contou.

Acadêmia de saúde entregue junto com a UBS (Foto: Mateus Pereira/ GOVBA)

Segundo o governo, as UBSs atendem até 80% dos problemas de saúde da população, sem que haja a necessidade de encaminhamento para outros serviços, como emergências e hospitais. A estrutura de Pirajá vai oferecer atendimentos básicos em pediatria, ginecologia, clínica geral, enfermagem e odontologia.

Além desta unidade em Pirajá, o governo do estado entregou UBSs em Itapuã, Imbuí, San Martin e Cajazeiras. Na capital, foi entregue também um Centro de Atenção Psicossocial, no Bairro de Armação. Dentro dos próximos seis meses serão inauguradas também duas policlínicas, uma no Bairro de Escada e outra em Narandiba.

São três equipes de saúde da família e três de saúde bucal (Foto: Mateus Pereira/ GOVBA)

Atendimentos
Os principais serviços oferecidos são consultas médicas, inalações, injeções, curativos, vacinas, coleta de exames laboratoriais, tratamento odontológico, encaminhamentos para especialidades e fornecimento de medicação básica.

A administração está sob a responsabilidade da Secretaria da Saúde de Salvador. O prefeito ACM Neto contou que três equipes de saúde da família e três equipes de saúde bucal vão atuar na unidade.

“A gente espera que quase 500 pessoas sejam assistidas nessa unidade de saúde. A parceria firmada entre a Prefeitura de Salvador e o Governo do Estado permitiu a entrega de seis unidades básicas de saúde, apenas esse ano, e somadas as unidades entregues pela prefeitura, chegamos a 15ª unidade entregue em menos de seis meses. Sem dúvida, o ano de 2020 está marcado como o ano de maior extensão na atenção básica na capital”, disse.  

Ele destacou a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santo Inácio/ Pirajá entregue na atual gestão como um dos exemplos de investimento na atenção básica no bairro. Na nova unidade entregue nesta quarta-feira serão ofertados serviços considerando as áreas prioritárias da Atenção Primária à Saúde nos programas de pré-natal, hipertensão, diabetes, controle da tuberculose, hanseníase e doença falciforme. 

Além disso, o espaço tem serviços complementares como curativo, coleta de material para exames laboratoriais, vacinação, realização de visita domiciliar, marcação de consulta para outras especialidades e outros exames ofertados, dispensação de medicamentos, confecção do cartão SUS (2ª via), acompanhamento das condicionalidades do programa Bolsa Família e acolhimento com classificação de risco.

Em dezembro de 2012, a cobertura da Atenção Primária à Saúde no Distrito Sanitário de Pirajá era de 13,8% e, em setembro de 2020, alcançou 78,1%, um incremento de aproximadamente 466,2% na atual gestão municipal.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas