Incêndio afeta edifício de companhia elétrica durante protestos no Chile

mundo
19.10.2019, 09:39:00
Atualizado: 19.10.2019, 09:40:17

Incêndio afeta edifício de companhia elétrica durante protestos no Chile

Fogo atingiu pelo menos 12 andares do prédio

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um incêndio de grandes proporções atingiu o prédio da companhia elétrica do Chile, Enel, e, ao se espalhar, chegou até o 12º andar. De acordo com o corpo de bombeiros local, o imóvel fica na região central da capital, Santiago.

O fogo começou no mesmo local onde acontecia uma onda de protestos no país, mas as autoridades ainda não sabem se os episódios têm relação. Nesta sexta (18), o metrô de Santiago foi alvo de protestos contra o aumento da passagem. Por conta disso, a empresa responsável precisou suspender as atividades.

"Toda a rede de Metrô se encontra fechada por distúrbios e destroços que impedem contar com as condições mínimas de segurança para passageiros e trabalhadores", anunciou a ferroviária metropolitana por meio de uma mensagem no Twitter.

A medida é uma prevenção contra um grupo de milhares de pessoas que planejavam derrubar os portões das estações, destruir as catracas e passar pelos controles de acesso para protestar contra o aumento de 3,75% nos bilhetes.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas