Incêndio destrói parcialmente depósito de plástico em Feira de Santana

bahia
26.10.2018, 12:28:00
Atualizado: 26.10.2018, 17:42:05

Incêndio destrói parcialmente depósito de plástico em Feira de Santana

Chamas atingiram 7 m de altura; não houve vítimas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foto: Acorda Cidade

Um incêndio atingiu um depósito de reciclagem na madrugada desta sexta-feira (26), em Feira de Santana. O fogo começou no setor de máquinas e causou uma destruição parcial do depósito, que funciona num galpão. Somente uma perícia irá apontar a causa das chamas, que chegaram a sete metros de altura. O Corpo de Bombeiros informou que não houve vítimas.

O depósito está situado na Rua Baneb, no Centro Industrial do Subaé (CIS). O incêndio começou pouco depois das 2h30. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 3h40 e contou com o apoio de sete veículos e 50 bombeiros militares, um carro-pipa, uma retroescavadeira, além de caminhões-pipas do Exército. A área foi isolada e há risco de desabamento. 

Em nota, o Corpo de Bombeiros informou que o fogo foi controlado no início da tarde. Ainda conforme a assessoria da pasta, bombeiros seguem no local, fazendo o rescaldo (a fase onde o objetivo é apagar todos os focos remanescentes que possam reacender as chamas).

De acordo com  o Corpo de Bombeiros, a quantidade de material reciclável, cerca 500 toneladas de plástico, dificultou o combate ao incêndio. Uma equipe de bombeiros deve permanecer no local por mais dois dias, pois, segundo a pasta, pode haver uma reignição do fogo, por isso há a necessidade do rescaldo.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas