Influencer vende nudes a R$ 40 para combater incêndios na Austrália

em alta
06.01.2020, 18:53:00
(Foto: Reprodução)

Influencer vende nudes a R$ 40 para combater incêndios na Austrália

Americana já arrecadou R$ 2 milhões

A digital influencer e modelo americana Kaylen Ward viu-se preocupada com os incêndios que estão atingindo a Austrália nas últimas semanas. Determinada a ajudar, a solução encontrada pela jovem de 20 anos foi vender os tradicionais nudes a US$ 10 (equivalente a R$ 40) e reverter o dinheiro arrecadado.

A estratégia filantrópica inovadora deu certo. Apenas alguns minutos após o anúncio, centenas de mensagens chegaram na caixa de mensagens da modelo mostrando comprovantes de depósitos. Até agora, já foram arrecadados mais de US$ 500 mil, o equivalente a R$ 2 milhões.

No entanto, Kaylen Ward disse que sua ação fez com que sua conta no Instagram fosse desativada. A influenciadora, originária de Los Angeles, disse que queria ajudar depois de ver as imagens de devastação na Austrália e pensou que as imagens seriam a melhor forma de arrecadar fundos.

Quando a publicação se tornou viral, no entanto, Kaylen disse que sua conta no Instagram foi desativada. Ela criou um segundo usuário na rede social enquanto tentava recuperar a outra conta, mas disse que as duas contas foram suspensas.

Apesar do problema, ela disse que conseguiu levantar US$ 500 mil. Para receber um nude "personalizado", as pessoas precisavam comprovar uma doação de mais de US$ 10 (cerca de R$ 40) a uma instituição de caridade australiana. De acordo com o Daily Mail, ela considera fazer o mesmo para futuros desastres naturais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas