Interior reforçado: 63 cidades baianas receberão novas ambulâncias

coronavírus
07.08.2020, 16:46:00
Atualizado: 07.08.2020, 16:47:10
(Mateus Pereira/ GOVBA)

Interior reforçado: 63 cidades baianas receberão novas ambulâncias

Rui aproveitou a ocasião para falar sobre testes de vacina chinesa e reabertura da rodoviária de Salvador

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Governo do Estado entregou na manhã desta sexta-feira (7) 74 novas ambulâncias que irão reforçar o atendimento em 63 municípios do interior da Bahia. 

A cerimônia aconteceu no Parque de Exposições, na Avenida Paralela, e contou com as presenças do governador Rui Costa, além de prefeitos e representantes de prefeitura das cidades contempladas. O governador aproveitou a ocasião para falar sobre outros temas, como as vacinas chinesas para o Consórcio Nordeste, a reabertura da rodoviária de Salvador e a volta às aulas. 

Segundo o governador, as cidades contempladas pela entrega são os municípios que apresentam uma necessidade de auxílio e precisavam otimizar o atendimento via ambulâncias. "São 74 ambulâncias que chegam no momento de apoiar o municípios do interior na assistência à saúde e no combate à covid-19.  Entendemos o período como oportuno para realizar essas entregas e apoiar os prefeitos no combate ao coronavírus", declarou.

Ainda de acordo com Rui, a entrega de ambulâncias para cidades do interior, que começou na semana passada, seguirá na próxima semana. "O nosso objetivo é que quase 100% das cidades baianas possam receber ambulâncias para facilitar o atendimento em um período complicado como este. Por isso, as entregas não acabaram. Semana que vem entregaremos mais ambulâncias para outras cidades", assegurou.

Ajuda bem-vinda
Arnaldo Lopes, prefeito de Mascote, cidade localizada a 544 quilômetros de Salvador e que não dispõe de nenhum leito de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), comemorou a entrega das ambulâncias.

"Essa entrega é muito importante. Ainda mais para um município como o meu, que não dispõe de uma estrutura de saúde adequada com leitos de UTI, e que precisa realizar o atendimento com o transporte para cidades que têm esses leitos. A escassez de ambulâncias em boas condições é grande. Por isso, ser contemplado com a entrega foi uma ótima notícia", contou o prefeito, que recebeu uma ambulância.

Para as cidades que tinham o número baixo de ambulâncias disponíveis, a entrega chegou em boa hora. É o que afirma José Filho, prefeito de Remanso, município localizado a 720 quilômetros da capital baiana.  

"Nós só tínhamos uma ambulância funcionado na cidade. Com essas duas que recebemos hoje, a gente respira mais aliviado. Isso é de uma importância muito grande. Estamos recebendo essa entrega com muita satisfação", comemorou. 

Cidades que lutam contra o coronavírus e ainda precisam de ambulâncias para outras emergências constantes também foram contempladas. Segundo Lídia Fontoura, prefeita de Capim Grosso, localizada a 272 quilômetros de Salvador,  a cidade é um local de muitos acidentes por conta da localização geográfica e isso demanda uma quantidade elevada de ambulâncias disponíveis.

"Por ser um entroncamento rodoviário e ter um trânsito é muito forte, Capim Grosso estava mesmo precisando dessa entrega. O número de caso ativos devido a pandemia está crescendo e isso adiciona mais um fator para a necessidade de ambulâncias disponíveis", afirmou.

Novas informações
Rui aproveitou a ocasião para dar avisos importantes para a imprensa. Uma das novidades é a abertura de mais leitos de UTI serão abertos em hospitais do norte e oeste da Bahia nas próximas semanas. O governador afirmou que vai até Senhor do Bonfim, no dia 13, e Bom Jesus da Lapa, no dia 14, para inaugurar ampliações de hospitais e leitos de UTI.

Rui também falou sobre o contato com a embaixada chinesa para fazer testes da vacina do país asiático na Bahia e no Nordeste. A expectativa é que, em um mês, a Bahia já receba amostras da vacina da China. Rui Costa acredita que a chegada das vacinas deixa o estado e a região adiantados no combate ao coronavírus. Ainda segundo governador, as empresas responsáveis pelos testes da vacina enviarão toda documentação ainda hoje. A expectativa é que o protocolo seja assinado até amanhã pelas duas partes do acordo.

O governador também falou sobre a flexibilização dos transportes interurbanos e reabertura da rodoviária de Salvador. A rodoviária pode ser reaberta segunda-feira e que, no primeiro momento, vai permitir transportes para cidades distantes até 100 quilômetros de Salvador. Rui ainda comentou a volta às aulas das escolas em todo estado, que não tem data específica. 

* Com orientação da subeditora Clarissa Pacheco

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas