Intervalo entre segunda dose e dose de reforço cairá para 5 meses

saúde
16.11.2021, 07:34:10
(Agência Brasil)

Intervalo entre segunda dose e dose de reforço cairá para 5 meses

Anúncio deve ser feito pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (16)

O intervalo entre a segunda dose da vacina contra a covid e a dose de reforço será reduzido de seis para cinco meses no Brasil. A dose de reforço é aplicada em idosos, imunossuprimidos e profissionais da saúde.

Segundo o jornal O Globo, o anúncio será feito pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (16). A pasta também avalia recomendar a dose de reforço da vacina contra a Covid para pessoas de 18 a 59 anos.

O intervalo menor entre as doses já vigora em Minas Gerais, Natal, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, por decisão das respectivas secretarias de Saúde. No Espírito Santo, a redução já é para quatro meses e, no Guarujá (SP), para dois.

Para o o novo ciclo de vacinação em 2022, a pasta decidiu usar 354 milhões de doses. O planejamento inclui uma dose de reforço para pessoas de 18 a 60 anos e duas doses (uma em cada semestre) para idosos com mais de 60 anos e imunossuprimidos, além de eventuais ampliações do público-alvo (para menores de 12 anos, por exemplo), se houver aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas