Invicto há três jogos na Série A, Roger repete o time pela primeira vez 

e.c. bahia
08.06.2019, 15:49:44
Atualizado: 08.06.2019, 15:53:23
Roger Machado dá orientações ao time em treino no Fazendão (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Invicto há três jogos na Série A, Roger repete o time pela primeira vez 

Trio de ataque será formado por Artur, Élber e Fernandão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Bahia vai repetir a escalação do time pela primeira vez neste Brasileirão. Contra o Ceará, o torcedor tricolor verá em campo a mesma formação que iniciou o triunfo por 1x0 contra o Grêmio, sábado passado, em Pituaçu. O jogo contra a equipe cearense é neste sábado (8), às 19h30, no estádio Castelão, em Fortaleza. Vale pela oitava rodada da Série A.

O ineditismo não é apenas por opção. Artilheiro do Esquadrão na temporada, com 16 gols, Gilberto foi vetado devido a uma dor muscular. Com isso, Fernandão está mantido no ataque. 

Assim como aconteceu contra a equipe gaúcha, ele formará o trio ofensivo com Artur e Élber, que chegou a ser poupado durante a semana por causa de uma indisposição intestinal, mas se recuperou a tempo de treinar com a equipe e ser relacionado para a viagem. Recuperado de lesão, o também atacante Rogério será opção no banco de reservas.  

O jogo vale muito para o Bahia. Com 13 pontos, o tricolor começou a 8ª rodada em sexto lugar e dentro da zona de classificação à Copa Libertadores do ano que vem. Para se manter no G6 e embalado, precisa vencer o Ceará. 

A equipe comandada por Roger Machado está invicta há três partidas na Série A. Antes do Grêmio, venceu o Fluminense, por 3x2, na Fonte Nova, e empatou sem gols com São Paulo, no Morumbi.

Um triunfo diante do Ceará confirmaria a boa fase tricolor e quebraria um tabu. O Bahia ainda não venceu fora de casa no atual Brasileirão. Além do 0x0 com o São Paulo, o tricolor perdeu para o Botafogo, por 3x2, no Engenhão, e para o Athletico-PR, por 1x0, na Arena da Baixada. 
     
Reencontro
O clássico nordestino marcará o reencontro do Bahia com Enderson Moreira. Técnico do time no começo da temporada, ele deixou o cargo no dia 31 de março após a eliminação na fase de grupos da Copa do Nordeste. No Ceará desde abril, Enderson conhece bem os jogadores que o enfrentarão. “Sabemos das dificuldades e do que o Enderson vai tentar aprontar contra a gente”, afirmou o atacante Artur, garçom tricolor no ano, com sete assistências. 

Do outro lado, Enderson elogia o agora rival: “Eu conheço muito bem a equipe que nós vamos enfrentar. É um jogo muito difícil, estão vivendo um ótimo momento na temporada”, comentou.

A partida contra o Ceará é a penúltima antes da parada para a Copa América. Na sequência, o Bahia fará outro jogo fora de casa, contra o Internacional, quarta-feira, no Beira-Rio, em Porto Alegre. “A gente vai focado para sair com seis pontos nesses dois jogos”, declarou Artur.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas