Irmã Dulce terá o dia 13 de agosto como data oficial de celebração

salvador
22.05.2011, 18:22:00
Atualizado: 22.05.2011, 22:43:45

Irmã Dulce terá o dia 13 de agosto como data oficial de celebração

Carta Apostólica proclama a Irmã Dulce como Bem-aventurada e fixa o dia de sua festa

Redação CORREIO

Irmã Dulce, que a partir de agora passa a se chamar “Bem-aventurada Dulce dos Pobres”, terá o dia 13 de agosto como data oficial de celebração de sua festa litúrgica. A cerimônia de beatificação do Anjo Bom da Bahia começou pouco depois das 17h deste domingo (22), no Parque de Exposições de Salvador.

O delegado papal, o cardeal dom Geraldo Majella, arcebispo emérito de Salvador, fez a leitura da Carta Apostólica, texto que proclama a Irmã Dulce como Bem-aventurada e fixa o dia 13 de agosto com data de sua festa.

"Concedemos que a venerável serva de Deus Maria Rita de Sousa Brito Lopes a qual profundamente confiante na divina providência dedicou-se a cuidar dos doentes, seja chamada de hoje em diante com o nome de Bem-aventurada Dulce dos Pobres, com sua festa fixada no dia 13 de agosto, podendo ser celebrada a cada ano", diz o decreto do papa Bento XVI, que foi lido em latim e português.

Após a leitura da carta, a imagem oficial da beata foi apresentada ao mesmo tempo em que foi executado o hino em homenagem à Bem-aventurada Dulce dos Pobres. "Acolheu crianças, jovens, idosos e doentes, entregues à divina caridade da bondade. Salve, salve, Irmã Dulce do amor!", diz a canção.

A beatificação é a última etapa antes da canonização - para a qual será necessária a comprovação de mais um milagre. A transmissão da missa pode ser acompanhada pela internet, no site de Irmã Dulce e no da Arquidiocese de Salvador. Os canais TVE e Canção Nova também passarão a beatificação.

A presidente Dilma Rousseff acompanha a missa ao lado do governador Jaques Wagner. Também estão na cerimônia a primeira-dama do estado Fátima Mendonça, o prefeito João Henrique, o ex e governador de São Paulo José Serra e o atual, Geraldo Alckmin, e o presidente da Assembleia Legislativa Marcelo Nilo, o presidente do Senado José Sarney, dentre outros.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas