Itabuna começa ano letivo nesta quarta (16) com atividades não presenciais

bahia
15.09.2020, 14:00:00

Itabuna começa ano letivo nesta quarta (16) com atividades não presenciais

Rede municipal da cidade encerrou o ano letivo de 2019 apenas em março

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A cidade de Itabuna, no Sul da Bahia, começou nesta terça-feira (15) a entrega de material para que os alunos façam em casa atividades relativas ao início do ano letivo de 2020 na rede municipal. As atividades não presenciais são organizadas em blocos impressos a serem retirados por pais e responsáveis. Os professores prepararam o material com supervisão das coordenações pedagógicas e gestores das unidades. Nessa primeira etapa, receberão atividades alunos do 9º ano do Ensino Fundamenta II (veja abaixo calendário).

Segundo nota da Secretaria Municipal de Educação, os dois últimos anos letivos tiveram alteração entre o calendário escolar e o ano civil - o ano letivo de 2019 seria encerrado oficialmente no fim de março deste ano. Por conta da pandemia, foi concluído faltando oito dias para o prazo previsto para o fim. Desde então, as escolas estão com as atividades presenciais suspensas - e seguem sem previsão de retorno.

A SME diz que fazia estudos de viabilidade com propostas alternativas que garantissem a segurança de todos os envolvidos. “Como a rede possui realidades muito díspares e, na maioria dos casos, com precariedades na questão do acesso às tecnologias, por parte dos nossos educandos, ficou inviabilizada qualquer proposta de aulas mediadas pela internet”, explicou a diretora do Departamento da Educação Básica (DEB), da SME, professora Regiane Cruz.

A secretaria também buscava forma de não comrpometer o Censo Escolar, que é uma plataforma disponibilizada pelo Ministério da Educação para que esteja possibilitado o acompanhamento instantâneo e online das políticas de educação desenvolvidas em todas as escolas públicas do país. A efetivação de blocos impressos de atividades foi considerada como a melhor perspectiva de retomada dos trabalhos.

“As atividades impressas, via de regra, é a maneira de interação mais direta que vem se estabelecendo entre muitos professores e estudantes, em escolas de todo o país, seja como política geral de retomada das atividades, seja em experiências pontuais entre alguns professores e seus estudantes, e que foi reconhecida na nossa rede como a mais ampla, acessível e democrática, visto que as nossas pesquisas apontaram a possibilidade de conseguirmos mobilizar os professores, equipar as escolas, oferecer o suporte e imprimir as atividades”, diz Cruz.

As escolas organizaram uma força-tarefa para entrar entrar em contato com os pais para explicar horário de retirada dessas atividades, como devem ser devolvidas após serem respondidas e os protocolos sanitários a serem seguidos.

A Rede Municipal de Ensino de Itabuna possui, atualmente, 91 escolas entre urbanas e do campo, com cerca de 16 mil matrículas ativas. Se trata da terceira maior rede municipal de ensino do Estado da Bahia, só perdendo para Feira de Santana e Salvador, seja em quantidade de escolas, como em quantidade de professores. 

Veja como ficou o calendário:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas