Já viu a nova Skol? Marca lança primeira puro malte só no Nordeste

bazar
10.06.2018, 13:00:00
Olha as latinhas da nova Skol (Foto: Rafael Sampaio/Divulgação)

Já viu a nova Skol? Marca lança primeira puro malte só no Nordeste

Não, não é mais uma cor de Skol Beats: fomos à fábrica da Ambev em Recife conhecer a novidade que chegou às prateleiras e geladeiras esta semana, a Skol Hops

A Skol acaba de se lançar no mundo das cervejas, digamos, mais gourmet. Mas calma, que não vem por aí nada de outro mundo. E digo logo que não é nenhuma cor nova de Skol Beats: trata-se da primeira puro malte da marca, a Skol Hops.

Na receita, um blend de lúpulos aromáticos deixam a bebida, de fato, mais refrescante que outras puro-malte, como Eisenbahn ou Serramalte. Eu diria, até, que tem um gostinho meio que de... mato. Mas é bom. Me surpreendeu.

Quem mora em Recife, Salvador, Fortaleza, Teresina, Maceió e João Pessoa já consegue encontrar a novidade em supermercados e bares. O preço da latinha de 269 ml, popularmente conhecida como piriguete, vai ser o mesmo da versão tradicional (assim garante o fabricante).

“Somos grandes incentivadores da diversidade de estilos. Acreditamos que há cervejas para todos os públicos e gostos. A combinação única de lúpulos aromáticos dão uma personalidade incrível à bebida e, juntos, mantém o equilíbrio e a essência refrescante e leve de Skol”, diz Laura Aguiar, mestre cervejeira de Ambev.

A chegada da novidade não afeta em nada versão mais popular, aquela da latinha amarela, que continua firme e forte. “A SKOL Pilsen é marca mais valiosa do Brasil nos últimos seis anos, então não faria sentido mudar uma fórmula de tanto sucesso. A SKOL Hops nasce da necessidade constante da marca em inovar e surpreender o consumidor”, afirma Maria Fernanda Albuquerque, diretora de marketing de SKOL. 

*O jornalista (@victorvillarpando) viajou a Ipiassuma (Pernambuco) a convite da Ambev

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas