Jean quer evitar zebra na Copa do Brasil: 'Tem que tomar cuidado'

e.c. vitória
03.03.2020, 14:16:00
(Foto: Letícia Martins/EC Vitória)

Jean quer evitar zebra na Copa do Brasil: 'Tem que tomar cuidado'

Vitória encara o Lagarto, quinta-feira (5), às 19h15, no Barradão

As zebras estão soltas na Copa do Brasil. Bahia caiu para o River, Sport perdeu para o Brusque, Coritiba foi eliminado pelo Manaus, Atlético-MG foi derrotado, nos pênaltis, pelo Afogados... Para o Vitória, integrar essa lista não é uma opção. O time encara o Lagarto quinta-feira (5), às 19h15, no Barradão, e está focado em avançar para a terceira fase.

O alerta da situação foi ligado pelo volante Jean. Recentemente rebaixado no Campeonato Sergipano, o oponente só tem o duelo pela segunda fase nacional para dar atenção no momento. O rubro-negro, por sua vez, não pode deixar que a motivação rival seja maior que a sua.


"Jogo perigoso. Errado seria a gente se falasse que vai ser fácil. A gente tem capacidade de tornar um jogo fácil, mas nós sabemos que é a oportunidade da vida deles. Já estive em times que encaravam a Copa do Brasil como o campeonato mais importante do ano. Passar a primeira fase já seria a melhor coisa do mundo. Imagina eles que foram rebaixados no campeonato deles (Sergipano) e têm a oportunidade de fazer algo surreal que é classificar na segunda fase da Copa do Brasil. Principalmente financeiramente", comentou Jean.

Ele sabe bem o que é sofrer com uma zebra, afinal, em 2015, quando estava no Paraná, foi vencido pelo Jacuipense na primeira fase. Não quer repetir a experiência.

"Paraná x Jacuipense, para mim, foi a maior zebra que vivi. Perdemos nos pênaltis. Mas tem várias: Brasiliense chegar na final, Paulista campeão, Santo André ser campeão. Copa do Brasil é aberta para tudo, aberta para todos. Já estive do lado de lá. A gente dá a vida para se defender e, quando tem uma oportunidade, quer matar o jogo. A gente tem que tomar cuidado", avisa.

Jean será o substituto de Guilherme Rend, suspenso por ter sido expulso na primeira fase, contra o Imperatriz. Ele comemora a oportunidade.

"É uma partida que tenho muito a ganhar, fisicamente principalmente. Vai ser um jogo bem disputado. Tenho consciência que vai ser um jogo bem corrido. Eles vão vir para jogar no contra-ataque aparentemente, então vai ter bastante transição. Para mim vai ser muito bom. Jogo passado me senti um pouco ainda como quem está ganhando, se afoga mais rápido, em dois ou três piques você está abafado e demora mais para recuperar. É uma fase normal. Para mim foi muito bom o jogo passado. Estou longe, sinceramente, de minha forma física ideal. Nunca tive problema com peso, percentual de gordura. Esse jogo vai ser ideal para continuar esse ganho de forma física", analisa.

O Vitória classifica se vencer o Lagarto. Em caso de empate, o duelo será decidido nos pênaltis. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas