JHSF reverte lucro e reporta prejuízo de R$ 204,9 mi no 4º trimestre de 2016

economia
30.03.2017, 08:47:00
Atualizado: 30.03.2017, 08:48:49

JHSF reverte lucro e reporta prejuízo de R$ 204,9 mi no 4º trimestre de 2016

No total do ano passado, o prejuízo foi de R$ 250,6 milhões, ante lucro de R$ 109,7 milhões em 2015

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A JHSF reverteu o lucro líquido de R$ 88,6 milhões do quarto trimestre de 2015 e divulgou prejuízo de R$ 204,9 milhões no mesmo período de 2016. No total do ano passado, o prejuízo foi de R$ 250,6 milhões, ante lucro de R$ 109,7 milhões em 2015.

Segundo informou a empresa em informe de resultados, os três últimos meses do ano passado foram impactados por eventos não recorrentes derivados de venda de ativos (internacionais e shopping centers), além de impactos decorrentes de distratos e provisionamento para empreendimento embargado.

O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou negativo em R$ 200 milhões, ante um valor positivo de R$ 230,2 milhões em igual intervalo de 2015. No acumulado do ano, foi negativo em R$ 1,8 milhões, contra um número positivo de R$ 447,4 milhões em 2015. A JHSF também divulga o Ebitda ajustado, que foi positivo em R$ 37,6 milhões no quarto trimestre de 2016 e em R$ 249,9 milhões no total do ano.

A receita líquida caiu 44% do quarto trimestre de 2015 para 2016, para R$ 80,9 milhões, enquanto no total do ano o recuo foi de 39%, para R$ 384,6 milhões. O resultado financeiro líquido ficou negativo em R$ 75,8 milhões de outubro a dezembro do ano passado e em R$ 286,3 milhões em 12 meses.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas