Jovem de 20 anos é morto enquanto cortava o cabelo em Feira de Santana

bahia
14.08.2021, 16:53:00
(Ed Santos/Acorda Cidade)

Jovem de 20 anos é morto enquanto cortava o cabelo em Feira de Santana

De acordo com a delegada, os autores do crime pediram que o barbeiro se escondesse no banheiro; Caio Felipe se preparava para entrar na faculdade

Um homem de 20 anos, identificado como Caio Felipe Ribeiro de Souza foi morto a tiros, na tarde deste sábado (14), na Avenida Iguatemi,  no bairro Mangabeira, na cidade de Feira de Santana. O crime ocorreu dentro de uma barbearia, enquanto Caio Felipe cortava o cabelo. As informações são do Acorda Cidade.

A delegada Dorean Soares informou que os autores do crime chegaram ao local a pé. Eles pediram que o barbeiro se escondesse no banheiro e em seguida dispararam contra a vítima.

"Dois homens entraram nesse estabelecimento, mandaram o barbeiro entrar no banheiro, se ele não quisesse morrer também e executaram o Caio. Ele foi atingido com vários tiros tanto nas costas, quanto no ombro e cabeça. Segundo os familiares, ele não tinha nenhum envolvimento com o crime, inclusive ele tinha um ano que serviu o exército e estava entrando na faculdade", disse.

De acordo com a delegada, a família do jovem se mostrou indignada com a morte do rapaz. De acordo com a policial, as investigações estão em curso para tentar encontrar os autores do homicídio.

"Os familiares estão revoltados com toda esta situação. Estamos ouvindo algumas pessoas aqui no local, mas se torna difícil porque muita gente prefere não informar nada, apesar de ter sido em plena luz do dia, mas a Delegacia de Homicídios vai continuar com as investigações até chegar na autoria", disse.

Caio Felipe morava no mesmo bairro onde foi morto. O corpo do jovem foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) para ser necropsiado.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas