Jovem é morta a facadas dentro da casa onde morava, no Recôncavo

bahia
21.09.2020, 14:27:00
Atualizado: 21.09.2020, 19:35:40

Jovem é morta a facadas dentro da casa onde morava, no Recôncavo

Suspeito do crime foi morto em confronto com a PM em Castro Alves

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Jovem é morta a facadas dentro da casa onde morava, no Recôncavo

Foto: Reprodução

Uma mulher de 28 anos foi assassinada dentro da casa onde morava, na cidade de Castro Alves, no Recôncavo baiano. O crime aconteceu na noite desse domingo (23).

Andréia Santos Rodrigues estava dentro de casa quando foi surpreendida por um homem e atingida por golpes de faca. A investigação já ouviu moradores da cidade, que informaram que a jovem foi morta ao tentar escapar de uma tentativa de estupro. A Polícia Civil ainda investiga o caso e preferiu não dar detalhes sobre o que ocorreu.

O corpo da mulher foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Antônio de Jesus, onde passará por perícia. Já o suspeito do crime, identificado como Joelson Amorim de Oliveira, de 23 anos, foi morto.

De acordo com a Polícia Militar, ele tentou roubar um carro para fugir da zona rural de Castro Alves, mas moradores denunciaram o caso a polícia. Durante uma perseguição, houve troca de tiros e ele foi atingido. Ele chegou a ser socorrido para um hospital da região, mas não resistiu.

Com o suspeito, a polícia encontrou um revólver calibre 32, que foi apreendido. O caso foi registrado na Central de Flagrantes de Cruz das Almas.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas