Juntos e atrasados: casais se encontram para comprar presentes no Dia dos Namorados

salvador
12.06.2021, 20:45:00
Atualizado: 12.06.2021, 21:04:11

Juntos e atrasados: casais se encontram para comprar presentes no Dia dos Namorados

Pombinhos 'sem tempo' aproveitaram data para ficar juntinhos e trocar beijos e mimos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A correria do dia a dia às vezes impede que casais possam passar um tempo a mais juntos, sair e até mesmo fazer surpresas, trocar presentes. Com as restrições e cuidados da pandemia, certas rotinas de encontros e comemorações tiveram que se adaptar à nova realidade. Mas nada como uma data comemorativa para fazer com que as pessoas corram atrás do tempo perdido.

Foi o caso de Júnior, 42 anos, e Carine, 32, que decidiram ir ao shopping neste sábado (12), Dia dos Namorados, para comprar seus presentes juntos "de última hora". 

Júnior e Carine preparados para as compras com suas camisas combinando (Foto: Felipe Aguiar/CORREIO)

Júnior contou que a correria do trabalho e dos outros compromissos diários acabaram impedindo que eles tivessem tempo de fazer compras com antecedência. “O final de semana é quando temos mais tempo”, completa Carine.

Eles disseram que ir ao shopping nesta data acaba sendo unir o útil ao agradável. Os dois, que estão juntos há quase dois anos, caminhavam pelas alas das lojas de mãos dadas e com camisas combinando com os dizeres “Ele/Ela me completa”.

Com o mesmo objetivo que Júnior e Carine, o casal de idosos Tadeu, 72, e Nanci, 69, também foi às compras. Tadeu conta que nunca gostou muito de passar em shoppings centers e, por isso, eles têm o costume de ir pouco.

De acordo com Nanci, que ao contrário do marido gosta de visitar o estabelecimento, agora eles passaram a frequentá-lo menos ainda. “Já víamos pouco, com tudo que está acontecendo estamos vindo bem pouco”, explica a senhora. Ele comenta que aproveitaram a data para passear e comprar os presentes.

Dentre os inúmeros enamorados que passeavam pelo shopping, Vinicius, 20, e Ana Luisa, 18, estavam em busca do presente ideal. O casal marcou de se encontrar neste sábado para trocar presentes, mas antes Vinicius precisava encontrar o que iria dar para sua namorada.

“A gente tá sem sair muito e, pesquisando, vi que algumas coisas saíram mais caras se comprasse pela internet”, explica o rapaz.

Ele ainda conta que anda fazendo um planejamento financeiro, então sair para escolher o presente perfeito no mesmo dia de dar o presente era o mais lógico para Vinicius. Ana Luisa, por sua vez, já chegou para o encontro com seu presente, que foi feito pela própria jovem.

Só a passeio
No meio da multidão de casais apaixonados em busca do mimo ideal, também existiam aqueles que não foram ao shopping para comprar e trocar presentes. Alguns casais, como Sara, 23, e Marcelo, 25, saíram apenas para se encontrar e estar do lado do seu amor nesta data.

Sara conta que é o segundo Dia dos Namorados deles juntos e, por conta da pandemia, é o primeiro que eles realmente podem estar agarradinhos. “Ano passado foi daquele jeito, né? Rápido, com muitas restrições”, recorda.

Ela ainda explica que, pelos dois terem pais mais velhos, eles têm tomado bastante cuidado. Quando perguntados sobre a troca de presentes, contam que passar o dia juntos foi a oferta da vez. “O presente é a companhia”, confessam.

Marcelo e Sara curtindo o dia juntos

Marcelo e Sara curtiram o dia juntos (Foto: Felipe Aguiar/CORREIO)

Paulo, 49, e Loren, 43, que estão casados há 20 anos, também foram ao shopping apenas para se distrair. Apesar das sacolas nas mãos, o casal conta que o objetivo do dia era sair de casa um pouco e aproveitar o dia juntos.

“Viemos passear mesmo, se divertir”, completa Paulo. Loren ainda explica que a data não remete para eles a questão do presente, mas o estar junto. “Presente a gente se dá sempre”, explica.

*Com orientação do editor João Galdea.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas