Leo Prates se reúne com Secretário de Saúde do Rio para pensar estratégias contra variante Delta

salvador
08.09.2021, 22:10:00
(Reprodução)

Leo Prates se reúne com Secretário de Saúde do Rio para pensar estratégias contra variante Delta

Mais da metade dos casos no Rio são da variante

Em reunião com o Secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, o titular da pasta em Salvador, Leo Prates, participou de um debate sobre as estratégias de enfrentamento à variante Delta do coronavírus. A ocasião ainda contou com a presença do prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, da secretária de Recife, Luciana Albuquerque e da equipe do COE Salvador.

"Foi uma reunião muito produtiva que serviu para Daniel Soranz nos apresentar os números da Covid no Rio, o que o preocupava, como a variante Delta avançava, e isso nos deu clareamento para a nossa estratégia de enfrentamento à variante Delta", afirma Leo Prates.

O Secretário também reforçou que a principal estratégia apontada por Soranz para o enfrentamento tem sido a dose de reforço da vacina. "Nisso, Salvador está um pouco mais avançada que o Rio".

Hoje, a variante Delta é responsável pela maior parte dos casos no Rio de Janeiro. Resultados de sequenciamento genômico do Laboratórios LNCC e UFRJ/LVM do mês de agosto, que se somam aos demais resultados, demonstram que a variante foi identificada em 56,6% das amostras colhidas na cidade, até a data. Para impedir o avanço da variante, a Prefeitura da cidade começou a aplicar a dose de reforço para o público idoso no último dia 1º. Salvador, por sua vez, começou a aplicação no dia 29 de agosto.

Esta noite, Leo Prates também aproveitou o espaço de suas redes sociais para convocar todo o público de mais de 18 anos, independente de residirem na capital ou não, a buscarem os pontos de imunização em Salvador para tomarem a primeira dose. "Não será necessário estar com nome no site da Secretaria Municipal da Saúde para ter acesso ao imunizante, mas no ato da vacina deverá ser apresentado original e cópia do Cartão SUS do município de residência, CPF, documento oficial de identificação com foto e comprovante de residência", afirmou na ocasião.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas