'Lerigou' brasileiro: vídeos mostram neve em cidades do Rio Grande do Sul

brasil
21.08.2020, 06:35:24
Atualizado: 21.08.2020, 06:57:27

'Lerigou' brasileiro: vídeos mostram neve em cidades do Rio Grande do Sul

Finalmente chegou a hora de brincar na neve

Finalmente chegou a hora de brincar na neve no Sul do Brasil. Após muita expectativa, em algumas cidades do Rio Grande do Sul os flocos brancos caíram do céu. Em São Francisco de Paula e Riozinho, a neve começou a aparecer no final da tarde da quinta-feira (20) e se intensificou durante a noite.

Também houve a incidência de "chuva congelada" em mais de quinze cidades como Caxias do Sul, Canela, Gramado e Bento Gonçalves, conforme a MetSul Meteorologia. 

O frio intenso derrubou as temperaturas em todo Estado. Nesta quinta, em Porto Alegre, a mínima foi de cinco graus e a máxima não passou dos 12 graus. Ao longo da noite, a possibilidade de nevar em toda região Sul do Brasil ganha força, alerta a meteorologista Estael Sias, da MetSul.

"Nas próximas horas, com a intensificação do frio no Rio Grande do Sul, a neve poderá ser mais intensa e atingir também Santa Catarina e parte do Paraná, na sexta-feira", indicou. Nas redes sociais, a instituição compartilhou vídeos da neve no RS.

Mesmo classificada com a bandeira laranja (risco médio), no mapa estadual de contágio do novo coronavírus, a região da Serra gaúcha também deve registrar um aumento significativo de turistas neste fim de semana. Apenas na área de Canela, Gramado, São Francisco de Paula e Nova Petrópolis estão concentrados 25 leitos de hotel.

Conforme o presidente do Sindicato da Hotelaria, Restaurantes, Bares, Parques, Museus e Similares da Região das Hortênsias (Sindtur- Serra Gaúcha), Mauro Salles, a previsão é de que este fim de semana seja o segundo maior em ocupação desde início da pandemia.

Neve, geada, chuva congelada: entenda as diferenças

O meteorologista Marcelo Pinheiro ajuda a entender alguns tipos de precipitações, além da geada, que se forma fora da nuvem. Confira:

Neve: apesar do aspecto "fofo", a neve é considerada uma precipitação sólida, formada por um aglomerado de cristais de gelo. Ela cai da nuvem em formato de floco e na cor branca, sem derreter no trajeto até o solo.

Chuva congelada: enquanto a neve se forma dentro da nuvem, a chuva congelada, que pode ser confundida com neve, é formada fora da nuvem. Esse fenômeno ocorre quando a precipitação fria dentro da nuvem sai dela e passa por uma camada de ar mais quente, com temperatura acima de 0ºC, mas volta a congelar ao se deparar com nova camada de ar frio. O material cai em forma de gelo, mas não se trata de granizo.

Chuva congelante: esse fenômeno acontece de forma parecida com a chuva congelada, mas a diferença é que a precipitação congela novamente quando entra em contato com uma superfície gelada, e não ainda no ar.

Geada: a geada não cai da nuvem e precisa de uma condição de clima totalmente diferente. Ela se forma devido ao resfriamento intenso de uma superfície, como vegetação ou telhado. A formação dela ocorre em baixas temperaturas, mas depende também das condições de nebulosidade, precipitação e intensidade dos ventos

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas