Live discute como impacto de noticiário da pandemia na saúde mental

coronavírus
25.06.2020, 14:17:00
Atualizado: 25.06.2020, 14:35:29

Live discute como impacto de noticiário da pandemia na saúde mental

Também será abordado como tratar do tema suicídio com cuidado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A comunicóloga Graciene Nazareno faz uma palestra nesta quinta-feira (25) numa live do Núcleo de Estudo e Prevenção ao Suicídio (Neps) pelo Instagram falando sobre os impactos do noticiário da pandemia sobre a saúde mental. O público alvo é de profissionais de comunicação. A live acontece a partir das 20h no Instagram do núcleo. 

O tema da saúde mental tornou-se ainda mais importante em tempos de confinamento, medos e incertezas em função do coronavírus. Serão discutidos temas como identificar, na  saúde mental, o risco de suicídio e como prevení-lo. Também será abordado como noticiar e tratar o asunto sem sensacionalismo ou omissão.

“É importante para os jornalistas saber como falar sobre o assunto na mídia, num momento tão crítico, avalia a psicóloga Soraya Carvalho, coordenadora do Neps, órgão ligado ao hospital Geral Roberto Santos, da Sesab,  e diretora da Associação Brasileira de Estudo e Prevenção do Suicídio (Abeps).

Graciene Nazareno trabalhou na assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do Piauí e se especializou no assunto, quando teve seu trabalho aprovado no Congresso Brasileiro de Prevenção ao Suicídio, em 2018.

(Foto: Reprodução)


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas