Lula chega de helicóptero à sede da PF em Curitiba para cumprir pena 

brasil
07.04.2018, 22:33:44
(Mauro Pimentel/AFP)

Lula chega de helicóptero à sede da PF em Curitiba para cumprir pena 

Ex-presidente ficará em cela isolada de 15 m²

O monomotor da Polícia Federal que levava o ex-presidente Lula de São Paulo para Curitiba aterrissou no Aeroporto Afonso Pena, na região metropolitana da capital paranaense, por volta das 22h. 

Às 22h30, Lula desembarcou de helicóptero no terraço da Superintendência da PF em Curitiba, onde deve ficar preso em uma sala isolada no quarto e último andar do prédio, a pedido do juiz Sérgio Moro, que decretou a prisão do ex-líder nacional na quinta-feira. Ele desceu as escadas e ficará numa sala no último andar do prédio.

Lula foi recebido por apoiadores do juiz Sérgio Moro com fogos de artifício e gritos de 'Lula na cadeia'.

Já a manifestação de apoiadores de Lula foi dispersada com bombas de gás lacrimogêneo em um dos acessos da PF na hora em que o helicóptero pousava, empunhando bandeiras, respondem com gritos de guerra em apoio ao ex-presidente.

Cela especial
Fontes da PF informaram as condições que Lula terá enquanto estiver preso na Superintendência da PF: a sala isolada é uma cela especial chamada Sala de Estado Maior. Uma sala simples que tem uma cama, uma mesa com cadeiras e o acesso a um banheiro. O restante do tratamento da disciplina e da prisão dele será como de qualquer outro preso.

A Sala de Estado Maior tem cerca de 15 m², uma janela, que fica para dentro da estrutura do prédio. A alimentação será como a de outros presos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas