Lumena ouve 'clamor' da web e tenta ‘ressignificar’ fala de Natália sobre a escravidão

em alta
18.01.2022, 19:31:01
(Arisson Marinho/CORREIO)

Lumena ouve 'clamor' da web e tenta ‘ressignificar’ fala de Natália sobre a escravidão

Em tom de brincadeira, Lumena postou em seu perfil no Instagram um vídeo em que simula uma tentativa de conversa com a atual sister

De cancelada a aclamada. A ex-BBB Lumena Aleluia, que atualmente trabalha como DJ, utilizou as redes sociais nesta terça-feira (18) para tentar atender a “um pedido” dos usuários da redes sociais após a participante do BBB22, Natália, romantizar o processo de escravidão dos negros no Brasil. 

Em tom de brincadeira, Lumena postou em seu perfil no Instagram um vídeo em que simula uma tentativa de conversa com a atual sister. Utilizando a mochila oficial do BBB21, do qual participou, ela bate em uma porta e convoca: “Natália, oh minha irmã, vem aqui. Vamos conversar. Eu não vou meter o dedão, não”. 

Na legenda a DJ escreve: “Eu tentando conversar com a Natália para ressignificar a informação que ela trouxe pois é falsa”. Em 2021,Lumena foi massacrada pelo público, acusada de excesso de militância sobre a causa racial. O vídeo de Lumena viralizou rapidamente. 

Nesta segunda (17), dia de estreia da nova edição do programa, o tema voltou a ser pautado pela casa e Natália, modelo que se reconhece como negra, foi um dos grandes destaques. Após procurar confusão com Eslovênia, ela soltou uma opinião sobre a escravidão, que a fez se tornar um dos assuntos mais comentados da internet. A sister foi acusada de romantizar o regime escravagista. 

“Eu sou preta, realmente tem a história que a gente veio e viemos como os escravos sim, por que? Porque a gente era eficiente, porque a gente era forte. Por que a gente veio como escravo? Porque a gente era bom no que a gente fazia. Por isso. Porque se colocasse, talvez, uma pessoa lá pra fazer aquilo não conseguiria. Entendeu?”, alegou.

A declaração dela, que foi duramente criticada nas redes, ocorreu após a cantora Naiara Azevedo relembrar uma participação polêmica no Encontro com Fátima Bernardes, quando foi criticada pela forma que teceu elogios a uma mulher preta.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas