Lutador de 19 anos é morto pela Polícia Militar no Rio de Janeiro

brasil
29.12.2021, 12:42:00
(Reprodução)

Lutador de 19 anos é morto pela Polícia Militar no Rio de Janeiro

Família diz que ele foi baleado pelas costas e nega confronto; PM fala em reação

Um lutador de 19 anos foi morto a tiros na terça-feira (28) no Morro da Jaqueira, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Familiares de Vitor Reis de Amorim dizem que ele foi baleado nas costas por policiais militares. Socorrido a um pronto socorro da região, ele já chegou morto.

De acordo com a família, não houve nenhum confronto e Vitor foi baleado durante uma ronda da PM. As informações são da TV Globo.

Vitor participava de competições de boxe e muay thai. O sonho dele era lutar no UFC. 

""Não teve troca de tiros de tiros nenhuma. Eles chegaram e deram o tiro. O policial preparado não faz o que ele fez. Atirar pelas costas. Matar uma criança, 19 anos, pra mim é uma criança. Pelas costas, é despreparado", disse Valneci Ferreira, pai do rapaz, à TV Globo. "Tem que fazer o trabalho? Tem. Se ele rendesse o meu filho, meu filho não estava morto. Porque ele não ia achar nada demais. Nada de errado no meu filho. Ele ia até pedir desculpas", acrescenta.

A Polícia Militar diz em nota que uma equipe patrulhava no local quando foi atacada por um grupo armado. Os policiais atiraram para reagir, diz a corporação.

Ainda segundo a PM, foram apreendidos na ação uma pistola, munições e um rádio comunicados. Os demais envolvidos fugiram, diz a nota. A ocorrência foi registrada na 73ª Delegacia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas