Macaco que tinha 17 milhões de seguidores morre após ir ao veterinário

em alta
10.06.2021, 11:39:35
Atualizado: 10.06.2021, 11:42:29
(Foto: Reprodução)

Macaco que tinha 17 milhões de seguidores morre após ir ao veterinário

George fazia sucesso no TikTok e Instagram

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O macaco capuchino George, que fazia sucesso nas redes sociais, morreu nesta segunda-feira (7) enquanto fazia um check-up de rotina no veterinário. O animal sofreu complicações decorrentes da anestesia.

George tinha 12 anos e mais de 17 milhões de seguidores na plataforma de vídeo TikTok e mais de 500 mil fãs no Instagram.

Muitos dos clipes compartilhados nas plataformas de mídia social eram dele abrindo presentes que havia recebido dos fãs, relata o "IB Times".

O macaco, costumava receber centenas de cartas de fãs e inúmeros presentes, que variavam de adesivos a brinquedos, como um carro elétrico.

Nos últimos 10 anos, o macaco morava com uma família no Texas, nos Estados Unidos.

"George era leve quando as coisas pareciam difíceis. E ele foi uma lembrança do amor que existe em todos nós", postou a família na despedida. "Embora a vida divertida de George tenha acabado, seu espírito de esperança e amor continua vivo. Nós te amamos, George", acrescentou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas