Maior autoridade do Krav Maga na América Latina visita Salvador em lançamento de livro

salvador
13.10.2021, 21:31:00
Atualizado: 13.10.2021, 21:32:24
(Divulgação)

Maior autoridade do Krav Maga na América Latina visita Salvador em lançamento de livro

Grão Mestre Kobi Lichtenstein estará presente em noite de autógrafos no Shopping Paseo, nesta quinta (14)

O Shopping Paseo, no Itaigara, receberá a maior autoridade do Krav Maga na América Latina, Grão Mestre Kobi Lichtenstein (faixa-vermelha – 8º Dan), para o lançamento do livro “KRAV MAGA – O Legado de Imi Lichtenfeld” nesta quinta-feira (14). A obra foi escrita por ele e sua esposa, companheira nas ações da Federação Sul Americana de Krav Maga, Sandra Lichtenstein. 
 
O evento será realizado a partir das 18h e estará aberto ao público. Na oportunidade os autores irão apresentar detalhes da obra e conduzir uma sessão de autógrafos 
 
Após 15 anos de pesquisas e de coleta de relatos das pessoas que conviveram com Imi Lichtenfeld, o livro traz o contexto político e histórico em que nasceu e cresceu o criador do Krav Maga, sua formação, a luta contra o fascismo, a viagem que levou dois anos, da Bratislava até Israel, onde se estabeleceu e desenvolveu o Krav Maga como arte de defesa pessoal, feito que deu a ele reconhecimento mundial.  
 
“KRAV MAGA – O Legado de Imi Lichtenfeld” é o quinto livro escrito por Grão Mestre Kobi Lichtenstein, que foi aluno direto de Imi Lichtenfeld e seu primeiro faixa-preta designado a difundir o Krav Maga fora do Estado de Israel. Grão Mestre Kobi chegou ao Brasil em janeiro de 1990, onde iniciou o trabalho que hoje tem reconhecimento mundial por preservar a obra de Imi da forma como foi criada.
  
“Diferente dos livros anteriores, este traz muito mais do que informação. Hoje, com mais de 50 anos de vivência em Krav Maga, acredito que escrever esta obra, em parceria com a Sandra, tornou-se um marco para nós e para a história que construímos por meio da Federação Sul Americana de Krav Maga”, afirma Grão Mestre Kobi. E completa: “Ficamos honrados em compartilhar a filosofia que nasceu da essência de um humanista que se tornou cidadão do mundo por seu legado”.   
 
Sobre Imi Lichtenfeld e o Krav Maga
 
Nascido em 26 de maio de 1910, em Budapeste, Imrir Lichtenfeld (Sde-or) (Z”L) era filho de um detetive do serviço secreto local e instrutor de defesa pessoal e técnicas de imobilização da polícia secreta. Seu tio era médico, o que deu a Imi acesso aos conhecimentos sobre o corpo humano. Incentivado por seu pai, Imi começou praticar várias modalidades esportivas, como luta livre greco-romana e boxe.  

Entre os anos 1936 e 1940, Imi tornou-se líder de um grupo de resistência que lutava contra os grupos fascistas. Em 1940, ele conseguiu escapar da guerra em Bratislava e partiu rumo a Israel em uma odisseia de dois anos. Imi lutou no Oriente Médio, em combates na Líbia, Síria, Líbano e Egito, junto às brigadas judaicas, ao lado do exército britânico. Em 1942, recebeu licença para entrar em Israel, onde se tornou responsável pela preparação física e combate corpo a corpo da Haganá, um dos grupos que lutavam pela proteção da comunidade local e pela independência de Israel. Nesse processo, nasceu o Krav Maga. 
 
Com a criação do Estado de Israel, em 1948, Imi se alistou no “Tzahal”, Forças de Defesa de Israel (IDF), tornando-se o instrutor chefe de preparo físico e Krav Maga. Suas técnicas foram testadas, avaliadas e, então, adotadas como a única filosofia de defesa do país. O Krav Maga passou a ser um caminho de vida, que traz soluções para qualquer tipo de violência, seja ela armada ou desarmada, contra um ou vários agressores e até mesmo contra ataques terroristas e situações com reféns. A partir de 1964, o Krav Maga foi liberado para ser difundido além do mundo militar e Imi passou a dar aulas em duas academias, uma em Netanya e outra em Tel Aviv. Imi faleceu no dia 9 de Janeiro de 1998. 
 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas