Mais da metade dos acidentes são causados por sono e cansaço, diz pesquisa

brasil
26.09.2016, 04:17:00

Mais da metade dos acidentes são causados por sono e cansaço, diz pesquisa

No ano passado, ocorreram 4.056 acidentes de trânsito nas estradas brasileiras cuja causa presumível foi dormir ao volante
(Foto: Arquivo/CORREIO)

 No Dia Nacional do Trânsito, foi comemorado no domingo (25), e uma pesquisa realizada registrou a importância da qualidade do sono do motorista. Dados da Associação Brasileira de Medicina e Tráfego (ABRAMET) apontam que sono e cansaço representam 60% dos acidentes de trânsito do país.


Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no ano passado, ocorreram 4.056 acidentes de trânsito nas estradas brasileiras cuja causa presumível foi dormir ao volante. Destes, 328 foram fatais e 835 resultaram em feridos graves.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em escala mundial, cerca de 1,25 milhão de pessoas morrem nestes tipos de acidente. “A privação de sono e alguns distúrbios, como ronco e apneia, provocam sintomas como sonolência diurna excessiva, falta de atenção, dificuldade de concentração e alterações de humor. É preciso dormir com qualidade para preservar as funções cognitivas, motoras e perceptivas”, esclarece Kenya Felicíssimo.

Dados da Fundação Nacional do Sono mostram que a insônia aumenta em 250% o risco de acidentes de trânsito; em caso de apneia, esse risco é elevado para 700%.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas