Mais do que necessidade, cozinhar em casa virou prazer para muita gente

comida
18.04.2020, 11:00:00
Atualizado: 18.04.2020, 11:10:27
(Reprodução)

Mais do que necessidade, cozinhar em casa virou prazer para muita gente

Confira receitas que você pode fazer sem muito trabalho

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Conhecida pelas festas que promove, Licia Fabio guarda um segredo que apenas os mais chegados conhecem. A sergipana, que elegeu a Bahia como a sua casa, sabe pilotar as panelas como ninguém. Os privilegiados amigos que já provaram dos seus quitutes garantem que a promoter é uma cozinheira de mão cheia. Boa de garfo, Licia tem aproveitado a quarentena para colocar em prática seus dotes culinários, revisitando clássicos que estão na sua memória afetiva e experimentando novas receitas. “Sempre gostei de cozinhar, mas não me sobrava tempo, agora tenho me dedicado, reascendendo a cozinheira que mora em mim”, brinca. 

Com os restaurantes fechados e a obrigatoriedade de permanecer em casa, a cozinha tinha sido um aliado importante para muita gente. Seja pela necessidade, seja por hobby, fato é que muitas pessoas têm ficado mais tempo entre panelas e temperos.“Sempre gostamos de cozinhar, hábito que adquirimos na época em que moramos na França e que mantemos até hoje, mas como nosso dia-a-dia é muito agitado, com o isolamento obrigatório, temos estado mais na companhia das panelas”, diz o psicanalista Marcelo Veras, que divide o hobby com a mulher, a pesquisadora da Fiocruz, Patrícia Veras.

Os menus elaborados pelo casal têm forte influência francesa. Os dois gostam de cozinhar juntos e prepararam um clássico daquele país para o CORREIO. “Esta receita é do chef Joel Robuchon, e costumamos fazer em casa porque funciona como uma boa entrada”, conta Patrícia Veras.

Quem também tem se distraído na cozinha é o arquiteto Marlon Gama. O sergipano, radicado na Bahia, diz que tem sentido falta dos amigos e da casa cheia, mas a cozinha tem sido uma terapia que alivia a saudade e ajuda a alimentar o corpo e a alma. “Adoro receber os amigos, mas o momento requer isolamento social, então aproveito para me exercitar na cozinha”, diz. 

Assim como eles, muitos outros baianos têm se virado bem à frente do fogão. A seguir, apresentamos receitas enviadas por dez apaixonados pela gastronomia. Bom apetite!

(Divulgação)
Tereza Carvalho diz que seu bolo de maracujá é o preferido do marido Alberto

Bolo de Maracujá (Tereza Carvalho – jornalista do blog proveieaprovei)
Ingredientes
250 gramas de manteiga
5 ovos
2 xícaras de açúcar refinado
2 xícaras de farinha de trigo peneiradas
1 colher de sopa de fermento 
2 maracujás (polpa) com caroço 
Modo de fazer
Bata a manteiga com as gemas e o açúcar até ficar um creme claro. Acrescenta a farinha de trigo e bate mais um pouco, em seguida acrescente os dois maracujás com os caroços para misturar com a massa. Por último, adicione o fermento e misture delicadamente as claras em neve utilizando o fué (batedor) com movimentos leves. Unte a forma e asse em forno pré-aquecido a 180°.
Calda
2 maracujás (polpa) com os caroços 
1 xícara de açúcar 
1 xícara de água 
Deixa ferver até ficar em ponto de calda mais grossa. Desenforme o bolo, faça furinhos com o palito e cubra com a calda.

(Divulgação)
Helena Fialho formou em gastronomia para aprender técnicas

Fusilli ao molho de queijo e frango (Helena Fialho - Estudante de Direito)
Ingredientes
2 colheres de sopa de óleo
1 linguiça calabresa picadinha
1 cebola picadinha
1/3 de pimentão vermelho cortado em tiras
3 dentes de alho amassados
1 tomate grande sem pele e sem sementes, picado
300 g de peito de frango desfiado cozido em água e sal
1/2 colher de sobremesa de pimenta do reino moída na hora
1/2 colher de sobremesa de curry
1/2 colher de sobremesa de sal
2 colheres de sopa de azeitona picadas
1 saquinho de molho de tomate
1/2 maço de espinafre (só as folhas)
350 g de macarrão fusilli
1 copo .de requeijão cremoso
1 caixinha de creme de leite
250 g de queijo mussarela ralado
Preparo
Numa panela grande aqueça o óleo, refogue a calabresa, acrescente a cebola, o pimentão e deixe dourar. Coloque o alho, o tomate, o frango e apure por 3 minutos. Depois coloque a pimenta do reino, o curry, o sal, as azeitonas e misture. Acrescente o molho de tomate e o macarrão, colocando água até cobrir a mistura e deixe cozinhar 15 minutos, mexendo para não pegar. Quando a massa estiver no ponto desejado, coloque o requeijão, o creme de leite e o espinafre, misture e desligue o fogo. Acrescente o queijo ralado na hora de servir. Misture cuidadosamente, tampe a panela e espere o queijo derreter. Coloque o resto do queijo, salpique cheiro verde e sirva imediatamente.

(Correio)
Aninha Franco segue cozinha original de Manuel Querino

Moqueca de Peixe Queriniana - Aninha Franco (escritora e dramaturga)
Ingredientes
Peixe Vermelho fresco
Azeite de dendê
Tempero verde
Pimenta 
Cebola
Tomate
Limão
Azeite de Oliva
Sal a gosto
Preparo
Limpa o peixe com limão e água e corta em postas depositando-as na frigideira. Depois prepara o molho com sal, pimenta, coentro, tomate e cebola. Moer tudo e derramar sobre as postas. Antes de levar a frigideira ao fogo, deite o azeite de oliva ou o azeite de cheiro (dendê), conforme o paladar ou o gosto de cada um, sendo preferido o emprego de ambos estes óleos. 

(Divulgação)
Bacalhau do promoter Ginno Larry faz sucesso na sua roda de amigos

Bacalhau do Ginno – Ginno Larry - promoter
1 kg de bacalhau 
1 litro de leite de coco fresco 
1 tomate grande 
1 cebola grande 
1 pimentão 
Coentro 
Cebolinha 
Azeite 
4 cabeças de alho 
Sal a gosto 
Preparo
Refoga o alho e a cebola no azeite , depois coloca o restante do tempero, em seguida o bacalhau e o por último o leite de coco. Depois vai ao fogo por 20 minutos e está pronto para servir. 

(Divulgação)
Arquiteto Marlon Gama gosta de cozinhar para os amigos

Camarão salteado com legumes - Marlon Gama – arquiteto 
Ingredientes
Corte todos os legumes que você gostar ou tiver em casa como berinjela, batata doce, batata inglesa, abobrinha, abóbora, cebola, cenoura, brócolis e couve-flor. Regue com azeite, pimenta preta e sal. Forre a forma com papel alumínio e arrume numa assadeira ou refratária untada com um pouco de azeite e leve ao forno por 30min. 
Para os Camarões
Lave os camarões com limão e numa frigideira bem quente refogue-os rapidamente com sal e alho picado e um pouco de azeite. Assim que já estiverem rosados já estarão prontos.

(Divulgação)
Empresária de eventos, Licia Fabio é cozinheira de mão cheia

Vatapá de cream-craker – Licia Fabio – empresária de eventos
Ingredientes
1 pacote de biscoito cream-craker
Cebola, coentro, gengibre, leite de coco, 1 cabeça de peixe, azeite de oliva, sal e alho, vinho branco, limão, castanha, amendoim torrado, camarão defumado, camarão fresco, azeite de dendê e bacalhau.
Preparo
Tempera a cabeça do peixe com alho, limão, pimenta cominho e cozinha com um pouco de vinho branco, depois deixa esfriar e separa a carne dos ossos. Reserve. Regue o biscoito no leite de coco, mexendo até virar uma pasta. Bata todos os temperos no liquidificador e leve ao fogo. Prepara o camarão seco e fresco e o bacalhau, como se fosse fazer uma moqueca e depois junte aos temperos em cozimento. Misture com a pasta do biscoito e vá adicionando leite de coco. Para a massa ficar consistente acrescente o peixe e azeite de oliva. Quando a mistura estiver soltando do fundo da panela acrescente um pouco mais de azeite de oliva e deixe um pouco mais no fogo. Depois é só servir. 

(Divulgação)
Celso Jr. tem exercitado o talento de cozinheiro em casa

Peito de pato com molho de laranja com risoto de couve-flor - Celso Jr. (Ator e diretor de teatro)
Para o risoto
1/2 cebola picada
2 colheres de sopa de azeite de oliva
1/2 xícara de arroz arbóreo (ou carnaroli)
1 xícara de couve flor triturada no liquidificador (crua mesmo)
1 xícara de vinho branco
4 xícaras de caldo de frango com legumes
1 colher de manteiga
1 xícara de queijo parmesão ralado
Sal e pimenta do reino
2 xícaras de ramos de couve flor 
2 colheres de sopa de azeite de oliva
sal
Preparo
Refogue a cebola picada no azeite em fogo alto, sem deixar dourar, acrescento o arroz e refogue um pouco mais. Acrescento a couve-flor e refogue mais um pouco. Em fogo médio, coloco o vinho branco e deixa evaporar. Quando estiver quase secando, acrescente aos poucos o caldo de frango com legumes e mexa para não grudar. Repete a operação por 15 minutos, até o arroz ficar macio. Desligue o fogo, acrescente a manteiga, o queijo ralado, acertando o sal e a pimenta. Numa frigideira à parte, frite a couve-flor no azeite, para decorar o prato.
Para o pato
1 peito de pato com pele 
Suco de meia laranja
Raspas de meia laranja
Sal e pimenta do reino
Preparo
Faça cortes diagonais na pele do pato, sem cortar a carne. Aqueça uma frigideira de fundo grosso, quando estiver bem quente, abaixe o fogo e coloque o peito do pato (com a pele e a gordura para baixo) e sele os dois lados. Retire o peito e deite numa tábua temperando com sal e pimenta, deixando descansar por uns 5 minutos. (Este é o segredo para a carne ficar macia). Na frigideira, com a gordura própria do pato, despeje o suco de laranja, junte as raspas e deixe ferver até engrossar. Tempere com uma pitada de sal e pimenta do reino. Corte o pato em fatias e monta o prato. 

(Divulgação)
O casal Marcelo e Patrícia Veras gosta de cozinhar junto

Trouxinha de Bacalhau – Patrícia e Marcelo Veras – Ela Pesquisador da Fio Cruz e ele Psicanalista
Ingredientes
600g de Bacalhau, 3 batatas, 2 maços de espinafre, 1 litro de caldo de branco, 3 dentes de alho, 1 cebola 1 folha de louro, 1 ramo de tomilho, 1 colher de sopa de azeite, sal e pimenta
Para o molho amarelo: suco de 2 laranjas, suco de 1 limão, 120 g de manteiga, sal e pimenta do reino moída na hora
Preparo
 Deixe o bacalhau de molho em água fria por 24 horas, trocando a água varias vezes. Separe algumas lascas para a decoração. Em uma tigela coloque as batatas cozidas em rodelas bem finas e junte o alho, a cebola picada, o louro e o tomilho. Tempere com sal e pimenta e misture bem. Unte um tabuleiro com o azeite e espalhe as batatas temperadas. Cubra com o caldo de frango. Tampe com papel alumínio e leve ao forno baixo por duas horas. Retire as batatas, esmague-as com um garfo e misture com o bacalhau. Corrija o sal e a pimenta.
Lave bem o espinafre, destaque as folhas e mergulhe-as numa panela com água fervente. Escorra e resfrie em uma vasilha com gelo e depois seque com papel absorvente. Unte forminhas de 10 cm de diâmetro com azeite e forre-as coma as folhas de espinafre abertas e colocadas lado a lado. Ponha uma porção de massa de bacalhau em cada uma e cubra com mais folhas de espinafre. Leve por 5 minutos ao forno médio pré-aquecido
Para o molho
Ferva os sucos de laranja e de limão até reduzir à metade. Acrescente a manteiga derretida e não deixe ferver. Tempere com sal e pimenta. Depois é só desenformar cada tortinha quente em um prato e decorar com lascas de bacalhau colocando o suco em volta.

(Divulgação)
Conchiglioni com Beringela por Lena Lebram

Conchiglioni com Creme de Berinjela - Lena Lebram – Designer de interiores
Ingredientes
18 conchiclioni
2 berinjelas médias
1 xícara de molho bechamel
2 xícaras de molho de tomate caseiro
150g de mozarela
100g parmesão ralado
Sal, pimenta do reino e orégano
Manjericão fresco a gosto
Modo de Fazer
 Cozinhe os conchiglioni em água e sal até estarem al dente. Corte as beringelas ao meio em sentido longitudinal, salpique com sal e pimenta, envolva em papel alumínio e asse até que a polpa esteja macia. Retire a polpa e amasse bem. Incorpore ao molho bechamel, corrija sal e pimenta e coloca o orégano. Unte o refratário com azeite de oliva e arrume os conchiglioni cozidos. Recheie cada um com o creme de berinjela e cubra o recheio com um pedacinho de mozarela. Regue o conjunto com o molho de tomate e um fio de azeite de oliva. Espalhe por cima o queijo ralado e leve ao forno até derreter a mozarela. Depois de retirar do forno slapique o manjericão fresco e sirva imediatamente.


 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas