Manifestação por morte de engenheiro de som deixa trânsito lento no Saboeiro

Trânsito
05.10.2015, 19:13:00
Atualizado: 05.10.2015, 20:59:04

Manifestação por morte de engenheiro de som deixa trânsito lento no Saboeiro

José Fernando Álvares Gundlach, 62 anos, foi baleado no rosto durante assalto no domingo (4)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma manifestação por conta da morte do engenheiro de som José Fernando Álvares Gundlach, 62 anos, está deixando o trânsito lento na noite desta segunda-feira (5), no bairro Saboeiro, em Salvador. 

Cerca de 50 pessoas protestam na Rua Silveira Martins, mesmo local onde a vítima foi baleada no rosto durante um assalto no domingo (4). Amigos do engenheiro afirmaram que nem eles nem a família organizaram o protesto, que se encerrou por volta das 20h30.

Os manifestantes fecharam as duas vias no final de linha de ônibus do local, deixando o trânsito bastante engarrafado. De acordo com informações da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), uma das vias já foi liberada, mas o congestionamento continua.

José Fernando foi baleado no rosto durante assalto no domingo (4)
(Foto: Reprodução/Facebook)

Atropelamento
Uma pessoa foi atropelada na noite desta segunda, na Avenida Orlando Gomes, nas proximidades do Senai/Cimatec. Um ônibus atingiu um pedestre que passava pelo local.

Por conta do acidente, a via está congestionada. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e já prestou socorro à vítima. Não há informações sobre a identicação ou estado de saúde do ferido.

Duas pessoas foram atropeladas por um veículo na Avenida Manoel Dias, na Pituba, na tarde desta segunda. O motorista não prestou socorro às vítimas e fugiu.

Trânsito
De acordo com a Transalvador, o trânsito também está lento na Avenida Bonocô, no sentido Iguatemi, mas segue livre no sentido oposto. Na Avenida Tancredo Neves o tráfego está complicado por conta do grande fluxo de veículos. 

Tráfego intenso, mas sem retenção, na Avenida Paralela, sentido Centro, nas proximidades da concessionária Grande Bahia, e no sentido Aeroporto, proximo ao viaduto Luís Eduardo Magalhães.

Segundo informações da Transalvador, foram foram registrados 7 acidentes com 5 feridos nesta segunda.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas