Marina Ruy Barbosa volta a falar sobre cenas de sexo em 'Justiça': 'Não é o mais importante'

Famosos
26.08.2016, 10:34:00
Atualizado: 26.08.2016, 17:41:38

Marina Ruy Barbosa volta a falar sobre cenas de sexo em 'Justiça': 'Não é o mais importante'

Personagem de Marina, Isabela foi morta a tiros pelo namorado após ser flagrada traindo-o com um amigo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A atriz Marina Ruy Barbosa voltou a falar sobre as cenas de sexo de sua personagem Isabela com o noivo Vicente (Jesuíta Barbosa). "Isso nem é o mais importante porque nada foi gratuito, a série trata de assuntos mais importantes, polêmicos que são importantes de falar. A minha personagem morreu pelo namorado machista, vaidoso que se achava poderoso, então o nu não é o mais importante", disse ao 'Ego' durante um evento em São Paulo.

(Foto: Reprodução/Instagram)

Marina, que afirmou anteriormente não ter pedido dublê nem tapa sexo para as cenas mais quentes, também protagonizou cenas sensuais com Pedro Lamin, que interpreta um ex-namorado e amigo de Isabela. No final do primeiro capítulo, a personagem da atriz é morta a tiros pelo noivo. "Estou ficando expert nisso, porque já morri em 'Amor à vida', fui uma noiva cadáver em 'Amorteamo'. Tá tudo certo (risos)", brincou Marina.

A atriz também afirmou estar muito feliz com o projeto e, principalmente, pela repercussão positiva da minissérie. Nos próximos capítulos, a mãe de Isabela, Eliza, vivida por Deborah Bloch, vai planejar uma vingança contra o assassino da filha. A história de Isabela, Eliza e Vicente é exibida às segundas-feiras.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas