MC Kevin fazia sexo e caiu ao tentar fugir de flagra da esposa, diz testemunha

brasil
18.05.2021, 09:44:06
Atualizado: 18.05.2021, 09:47:46
(Foto: Reprodução)

MC Kevin fazia sexo e caiu ao tentar fugir de flagra da esposa, diz testemunha

Funkeiro estava ao lado de amigo e modelo no quarto 502

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A modelo Bianca Domingues e o funkeiro Victor Elias Fontenelle afirmaram, durante depoimento prestado à polícia, que MC Kevin caiu enquanto fazia sexo com a moça na varanda. Receoso que a mulher chegasse e flagrasse a traição, ele teria tentado pular para a janela de baixo. As informações foram divulgadas pelo jornal Extra.

No depoimento, as duas testemunhas afirmaram que estavam com Kevin no quarto 502 de um hotel no Rio de Janeiro. O funkeiro estava hospedado em um outro quarto, no apartamento 1302, ao lado da esposa.

Ao delegado, eles afirmaram que Mc Kevin e Vitor passeavam no calçadão quando conheceram Bianca em um quiosque, na tarde de domingo (16). Os três, então, seguiram para a suíte.

Ainda no depoimento, os dois contaram que um terceiro amigo, que trabalhava na produção dos shows de MC Kevin, tentou entrar no quarto, mas foi impedido.

A mulher do artista, a advogada Deolane Bezerra, procurava pelo marido através de ligações e mensagens, mas não chegou a deixar o apartamento.

Saiba mais sobre a morte de MC Kevin:

Vídeo de MC Kevin ferido após queda de prédio circula na web; fãs ficam indignados

Polícia do Rio investiga diferentes versões sobre morte de MC Kevin

MC Kevin morre após queda de varanda de hotel no Rio

Kevin caiu de uma altura de pelo menos 18 metros. Socorrido por equipes do quartel do Corpo de Bombeiros do bairro, o jovem de 23 anos foi levado ao hospital, onde morreu momentos depois.

Ao total, oito testemunhas já foram ouvidas no inquérito. Além da modelo, do amigo e da mulher da vítima, amigos e homens que trabalham na equipe da produção de shows do artista prestaram declarações como testemunhas. 

Algumas das pessoas citaram que o funkeiro ingeriu drogas e bebida alcoólica durante o fim de semana, e um exame toxicológico no corpo do artista foi solicitado a profissionais do Instituto Médico Legal (IML). 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas