Mercado Livre e Google juntos

tecnoporto
18.12.2020, 05:00:00

Mercado Livre e Google juntos


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

As plataformas “Mercado Shops” e “Google Shopping” vão se integrar, visando as pequenas e médias empresas. Com esse movimento, quem anuncia no Mercado Shops poderá dar visibilidade a seus produtos através de campanhas no Google Shopping com anúncios criados automaticamente com as informações como preço, foto, marca e disponibilidade sendo importadas da plataforma do Mercado Livre. O sistema do Google vai usar ferramentas de inteligência artificial para mostrar anúncios relevantes para os clientes ideais de cada produto, na busca, no YouTube e em anúncios. O comerciante poderá fazer a gestão on-line e pagar por fatura mensal.

O objetivo do movimento, como explica Carolina Menella, Gerente Sênior do Mercado Shops, é continuar proporcionando igual oportunidade de vendas para todos os seus mais de 12 milhões de vendedores, dentre eles grandes marcas. “Esta integração com o Google permitirá que todos os nossos usuários com lojas no Mercado Shops possam acessar de maneira simples soluções de Marketing Digital diretamente da nossa plataforma. Queremos seguir potencializando a relevância do comércio eletrônico, acompanhando nossos vendedores e oferecendo ferramentas concretas para melhorar sua presença digital e aumentar suas vendas”. O Mercado Livre foi criado em 1999 e hoje fecha 19 vendas a cada segundo.

TikTok continua firme e forte

Mesmo com movimentos do governo norte-americano visando banir o TikTok, o uso dele cresce em ritmo cada vez maior. Para quem não conhece por ele é possível, de forma rápida, fazer mini vídeos que têm inundado as redes sociais. Os números do TikTok são grandes. Só no primeiro trimestre desse ano, o aplicativo foi instalado 315 milhões de vezes e atualmente já são 800 milhões de usuários em todo o mundo, segundo dados da companhia. O número alcançado em 3 anos pela empresa chinesa levou 9 anos para ser atingido pelo Instagram. A empresa projeta que fechará o ano de 2021 com mais de 1 bilhão de usuários. Segundo o site Statista.com, hoje, a maior rede social do planeta é o Facebook com cerca de 2,7 billhões de usuários, seguido do YouTube e Whatsapp com 2 bilhões de usuários, cada. O Instagram, que poderia ser considerado o maior concorrente do aplicativo chinês, está em sexto lugar com 1 billhão e 158 milhões de usuários. O TikTok vem logo em seguida, na sétima colocação, ainda segundo o Statista.com.

Acessibilidade nas compras digitais

O site do Salvador Shopping agora possui acessibilidade em Libras. A princípio pode-se achar esse tipo de serviço desnecessário, já que a maioria das informações são escritas, mas uma pesquisa fez a empresa levar para o site o assistente que já está presente em totens do centro de compras. Nela foi apontado que 80% das pessoas surdas não compreendem bem as línguas nativas no mundo, inclusive na forma escrita, por terem sido alfabetizadas em línguas de sinais. A Organização Mundial de Saúde (OMS) dá conta de que no planeta são mais de 360 milhões de pessoas com problemas de audição, 10 milhões só no Brasil, segundo o IBGE.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas